sábado, setembro 08, 2007

Passarinhadeira

P. C. Pinheiro
Passarinhadeira - Guinga e Paulo César Pinheiro

Todo meio-dia
No batente da cancela
Pousa um tico-tico
E eu por ela fico à espera
Ela traz a flor da mocidade dentro dela
Feito o tico-tico
Traz no bico a primavera
Ô, o passarinho cantador
Avoou anunciando o meu amor
Toda meia-noite
Num cantinho da janela
Dorme um passarinho
No seu ninho de quimera
Quem me dera a sua rosa branca de donzela
Por detrás da tranca da janela
Ai, quem me dera
Ô, o passarinho sonhador
Despertou denunciando a minha dor
E acorda toda a passarada
Revoando na roseira
Da moça passarinhadeira

Salve o bem-te-vi
Salve o sanhaço, o coleirinho, o colibri
O curió
Rolinha e chororó

Sabiá
Vai, diz pra ela todo o meu penar
E diz pra ela que eu vivo a esperar

Nenhum comentário:

Postar um comentário