quarta-feira, abril 02, 2008

Haja Carnaval ou não

Francisco Alves
Haja Carnaval ou não (marcha/carnaval, 1945) - Pedro Caetano e Claudionor Cruz

Disco 78 rpm / Título da música: Haja carnaval ou não / Autoria: Cruz, Claudionor (Compositor) / Caetano, Pedro (Compositor) / Francisco Alves (Intérprete) / Imprenta [S.l.]: Odeon, 1944 / Nº Álbum 12550


Haja carnaval ou não
Eu vou cantar!
Sem um tamborim na mão
Não hei de ficar!


Deixemos de ares tristonhos
Devemos buscar distração
No riso, na dança e na graça
Da turma que passa puxando o cordão
Alegria gente!
Cantar pra frente.

Fica doido varrido

Sílvio Caldas
Fica doido varrido (samba/carnaval, 1945) - Benedito Lacerda e Eratóstenes Frazão

Disco 78 rpm / Título da música: Fica doido varrido / Autoria: Lacerda, Benedito, 1903-1958 (Compositor) / Frazão, E (Compositor) / Sílvio Caldas (Intérprete) / Orquestra (Acompanhante) / Imprenta [S.l.]: Victor, 03/11/1944 / Nº Álbum 800247 / Lado B / Lançamento: Janeiro/1945 / Gênero musical: Samba


Fica doido varrido, quem quer
Se meter a entender a mulher!

Comprei um barracão lá na favela
Pra ela morar
Botei o barracão no nome dela
E tudo comprei, pra enfeitar nosso lar
Ela pedia a Deus do céu
Pra morar num arranha-céu...

Dei-lhe o apartamento que queria
Mas hoje, é de cortar o coração!
A pobrezinha, chora, chora, noite e dia
Pedindo pra voltar ao nosso humilde barracão.

Fica doido varrido, quem quer
Se meter a entender a mulher!

Disse-me-disse

Carlos Galhardo
Disse-me-disse (samba, 1945) - Pedro Caetano e Claudionor Cruz

Disco 78 rpm / Título da música: Disse me disse / Autoria: Cruz, Claudionor (Compositor) / Caetano, Pedro (Compositor) / Carlos Galhardo, 1913-1985 (Intérprete) / Regional (Acompanhante) / Imprenta [S.l.]: Victor, 30/08/1944 / Nº Álbum 800226 / Lado B / Lançamento: Novembro/1944 / Gênero musical: Samba


Chega
Eu já sei o que vens me dizer
Chega
Eu não quero saber
Se ela é falsa
Deixa a tristeza comigo
Quem fala dela
Não pode ser meu amigo


Disse-me-disse
É sempre uma fonte de dor
Acreditar em tolices
É matar um amor
Sou feliz, muito feliz
Porque não ligo
Quem fala dela
Não pode ser meu amigo.

Coitado do Edgar

Linda Batista
Coitado do Edgar (samba/carnaval, 1945) - Haroldo Lobo e Benedito Lacerda

Disco 78 rpm / Título: Coitado do Edgar / Autoria: Lacerda, Benedito, 1903-1958 (Compositor) / Lobo, Haroldo (Compositor) / Linda Batista, 1919-1988 (Intérprete) / Imprenta [S.l.]: RCA Victor, 1944 / Nº Álbum 800248 / Lado A / Lançamento: 1945 / Gênero: Samba


Edgar chorou
Quando viu a Rosa
Gingando toda prosa
Numa linda baiana
Que ele não deu
Coitado do Edgar (x2)

Chorou de dar pena
Chamou Madalena
Entregou o pandeiro
E desapareceu
Coitado do Edgar (x2)

Madalena disse que Edgar
Não tem razão
Aquela baiana
Não foi ninguém que lhe deu
Rosa trabalhou o dia inteiro
E fez serão
Não sei por que
Edgar se aborreceu

Cabo Laurindo

Wilson Batista
Mais um samba com Laurindo, personagem fictício a que vários compositores recorreram frequentemente entre 1943 e 1946 para dar seu recado. Wilson Batista fez tantas músicas com ele que não o suportava mais. Chegou a planejar sua morte num crime passional, embora não tenha chegado a concretizar o assassinato.

Cabo Laurindo (samba, 1945) - Wilson Batista e Haroldo Lobo

Disco 78 rpm / Título da música: Cabo Laurindo / Autoria: Lobo, Haroldo (Compositor) / Batista, Wilson, 1913-1968 (Compositor) / Jorge Veiga (Intérprete) / Lacerda, Benedito, 1903-1958 (Acompanhante) / Conjunto (Acompanhante) / Imprenta [S.l.]: Continental, 1945 / Nº Álbum 15381 / Lado B / Gênero musical: Samba


Laurindo voltou,
Coberto de gloria.
Trazendo garboso no peito
A cruz da vitória.

Mas Salgueiro, Mangueira, Estácio e Matriz estão aqui
Para homenagear o bravo cabo Laurindo.
As duas divisas que ele ganhou, mereceu.
Conheço os princípios que Laurindo sempre defendeu.

Amigo da verdade,
Defensor da igualdade,
Dizem que lá no morro vai haver transformação.
Camarada Laurindo,
Estamos a sua disposição!



Fonte: Músicas sobre a FEB

Brigamos outra vez

Orlando Silva
Brigamos outra vez (fox-canção, 1945) - José Maria de Abreu e Jair Amorim

Disco 78 rpm / Título da música: Brigamos outra vez / Autoria: Amorim, Jair (Compositor) / Abreu, José Maria de, 1911-1966 (Compositor) / Orlando Silva (Intérprete) / Imprenta [S.l.]: Odeon, 1945 / Nº Álbum 12621 / Lado B / Gênero musical: Fox


Brigamos outra vez
Já nada mais existe novamente
Brigamos outra vez
Meu sonho foi-se embora de repente

É triste, doloroso, confessar
Que sem a mínima razão
Sofre o coração
As brigas
Vem de intrigas
De quem sofre o mais ridículo rancor
Pelo nosso amor

Brigamos outra vez
Dois sonhos outra vez desmoronaram
Brigamos outra vez
Dois lábios novamente separados

Eu sei que o teu orgulho
Novamente é que nos faz
Viver assim brigando
Por motivos tão banais

Brigamos outra vez
Dos dois
Não sei quem sofre mais!...