sábado, abril 12, 2008

Edredon vermelho

Isaura Garcia
Edredon vermelho (samba, 1946) - Herivelto Martins

Disco 78 rpm / Título da música: Edredon vermelho / Autoria: Martins, Herivelto (Compositor) / Isaura Garcia (Intérprete) / Imprenta [S.l.]: RCA Victor, 1945 / Nº Álbum 800387 / Lado B / Lançamento: 1946 / Gênero musical: Samba canção


Meu edredon vermelho,
Brilha que nem espelho,
Reflete o rosto teu,
Quando tu sentas na cama,
Suja os tapetes de lama,
Mas não faz mal, digo eu.

E quando tu vais embora,
Parece que tudo chora,
Sentindo falta talvez,
Traze alegria contigo,
Volta a falar comigo,
Senta-te a cama outra vez.

Teu retrato,
Lá no meu criado-mudo,
É testemunha de tudo,
Que entre nós, se passou,
Teu retrato,
Fica as vezes tão sisudo,
Porque não compreende tudo,
Porque alguém não voltou.

Meu edredon vermelho,
Brilha que nem espelho,
Reflete o rosto teu,
Quando tu sentas na cama,
Suja os tapetes de lama,
Mas não faz mal, digo eu.

E quando tu vais embora,
Parece que tudo chora,
Sentindo falta talvez,
Traze alegria contigo,
Volta a falar comigo,
Senta-te a cama outra vez.

Cortando pano

Luiz Gonzaga
Cortando pano (mazurca, 1946) - Luiz Gonzaga , Miguel Lima e J. Portela

Disco 78 rpm: Título da música: Cortando pano / Autoria: Portela, J (Compositor) / Gonzaga, Luiz (Compositor) / Gonzaga, Luiz (Intérprete) / Regional (Acompanhante) / Imprenta[S.l.]: Victor, 06/09/1945 / Nº Álbum 800344 / Lado B / Lançamento: Novembro/1945 / Gênero musical: Mazurca


Errei no corte, seu Zé Mariano
Peço desculpas pelo meu engano
Sou alfaiate do primeiro ano
Pego na tesoura e vou cortando o pano

Ai, ai
Que vida ingrata o alfaiate tem
Quando ele erra estraga o pano todo
Quando ele acerta a roupa não convém

Fiz um terno pro José meu mano
Só ficou curto porque houve engano
Sou alfaiate do primeiro ano
Pego na tesoura e vou cortando o pano

Ai, ai
Que vida ingrata o alfaiate tem
Quando ele erra estraga o pano todo
Quando ele acerta a roupa não convém

Se chegar seu mano ?
- Vou cortando o pano
Se houver engano ?
- Vou cortando o pano
Vai cortando o pano ?
- Vou cortando o pano
Vai cortando o pano ?
- Vou cortando o pano

Sai daqui Germano
Está me perturbando
Sou alfaiate do primeiro ano
Mas faço roupa pra qualquer fulano
Só não acerto quando há engano
Se Deus ajuda...pelo sistema norte-americano
Sou alfaiate do primeiro ano
Pego na tesoura e vou cortando pano

Se chegar seu mano ?
- Vou cortando o pano
Se houver engano ?
- Vou cortando o pano
Vai cortando o pano ?
- Vou cortando o pano
Vai cortando o pano ?
- Vou cortando o pano

Até hoje não voltou

Geraldo Pereira
Até hoje não voltou (samba, 1946) - Geraldo Pereira e J. Portela

Disco 78 rpm / Título da música: Até hoje não voltou / Autoria: Pereira, Geraldo (Compositor) / Portela, J (Compositor) / Ciro Monteiro (Intérprete) / Imprenta [S.l.]: RCA Victor, 1946 / Nº Álbum 800437 / Lado B / Lançamento: 1946 / Gênero musical: Samba


Eu fui buscar uma mulher na roça
Que não gostasse de samba
E nem gostasse de troça
Uma semana depois que aqui chegou
Mandou esticar os cabelos
E as unhas dos pés pintou
Foi dançar na gafieira
E até hoje não voltou

Ela não tinha um vestido
Um sapato que se apresentasse
Eu comprei
Chegou toda errada
Falar não sabia
Fui eu que ensinei

Perdi tanto tempo
Gastei meu dinheiro
Fui tão longe à toa
Mas vi que sou muito infeliz
É melhor eu viver sem patroa...

A valsa do vaqueiro

A valsa do vaqueiro (valsa, 1946) - Vitor Simon

Disco 78 rpm Título da música: A valsa do vaqueiro / Autoria: Simon, Victor (Compositor) / Bob Nelson, 1918-2009 (Intérprete) / Seus Rancheiros (Acompanhante) / Imprenta [S.l.]: RCA Victor, 1946 / Nº Álbum 800414 / Lado B / Gênero musical: Valsa


A valsa do vaqueiro
É a melodia do oeste
A valsa do vaqueiro
É a canção do faroeste

Quem canta esta valsa
São os valentes vaqueiros
E os humildes rancheiros
Dorolei tirolei ti...

Cantem todos e dancem também
A valsa do vaqueiro
Quem não canta para o seu bem
A valsa do vaqueiro