quinta-feira, janeiro 29, 2009

Quero lhe dizer cantando



Quero lhe dizer cantando (1968) - Reinaldo Rayol e Renato Correia - Intérprete: Agnaldo Rayol

Quero lhe dizer cantando
Tudo o que eu estou sofrendo
Quero lhe dizer chorando
Que aos poucos vou morrendo

Pois sem você não sou ninguém
E eu canto pra esquecer
O que sinto por você, meu bem

Vou dizer que eu choro
E o seu amor eu não imploro
Quero lhe dizer sorrindo
Sabendo que eu estou mentindo

Pois sem você não sou ninguém
E eu canto pra esquecer
O que sinto por você, meu bem

Meu coração está chorando
Pporque não tenho você
Pra disfarçar vou cantando
Sabendo que jamais vou lhe esquecer


Pressentimento



Pressentimento (samba, 1968) - Elton Medeiros e Hermínio Bello de Carvalho - Intérprete: Marília Medalha

Ai! ardido peito
quem irá entender o teu segredo?
quem ira pousar em teu destino?
e depois morrer do teu amor?

Ai! mas quem virá?
me pergunto a toda hora
e a resposta é o silêncio
que atravessa a madrugada

Vem meu novo amor
vou deixar a casa aberta
já escuto os teus passos
procurando meu abrigo

Vem, que o sol raiou
os jardins estão florindo
tudo faz pressentimento
que este é o tempo ansiado
de se ter felicidade. 


Perto dos olhos, longe do coração



Dori Edson
Perto dos olhos, longe do coração (1968) - Dori Edson e Marcos Roberto
Introdução: D7  G  C  B7  Em  Am  B7 
 
     Em                      Am 
 Porque que toda vez que eu falo com você 
 D7                            Em 
 Você parece que não quer prestar nem atenção 
                               Am 
 Porque você meu bem não aprendeu ainda a ver 
 D7                                       Em 
 Que em meus olhos tenho amor e muita emoção 
 B7            Em 
 Ah! Muita emoção 
 D           G 
  Então eu choro 
 D          G 
  Esta solidão 
 B7                    Em 
  Você perto dos meus olhos 
        C        B7      Em 
 E tão longe do meu coração 
 D           G 
  Então eu choro 
 D          G 
  Esta solidão 
 B7                    Em 
  Você perto dos meus olhos 
        C        B7      Em   B7 
 E tão longe do meu coração 
     Em                      Am 
 Eu hei de conseguir o seu amor por toda vida 
 D7                       Em 
 Só que o caminho eu não sei, minha querida 
                               Am 
 Eu tenho que fingir que é amizade pra te ver 
 D7                                       Em 
 Embora às vezes sinta que você vai perceber 
 B7               Em 
   Você vai perceber 
 D           G 
  Então eu choro 
 D          G 
  Esta solidão 
 B7                    Em 
  Você perto dos meus olhos 
        C        B7      Em 
 E tão longe do meu coração 
 D           G 
  Então eu choro 
 D          G 
  Esta solidão 
 B7                    Em 
  Você perto dos meus olhos 
        C        B7      Em  B7 
 E tão longe do meu coração 
 
   Solo: Em  Am  D7  Em  Am  D7  Em  B7  Em  B7 
 
     Em                      Am 
 Eu hei de conseguir o seu amor por toda vida 
 D7                       Em 
 Só que o caminho eu não sei, minha querida 
                               Am 
 Eu tenho que fingir que é amizade pra te ver 
                                          Em 
 Embora às vezes sinta que você vai perceber 
 B7               Em 
   Você vai perceber 
 D           G    
  Então eu choro 
 D          G 
  Esta solidão 
 B7                    Em 
  Você perto dos meus olhos 
        C        B7      Em 
 E tão longe do meu coração 
 D           G 
  Então eu choro 
 D          G 
  Esta solidão 
 B7                    Em 
  Você perto dos meus olhos 
        C        B7      Em 
 E tão longe do meu coração 
        C        B7      Em 
 E tão longe do meu coração 
        C        B7      Em 
 E tão longe do meu coração 
        C        B7      Em 
 E tão longe do meu coração. 
 
 

Parabéns, querida



Parabéns, querida (1968) - Roberto Correia e Sílvio Son - Interpretação: Roberto Livi
Introdução: E

E             B7
Parabéns pra você
Em
Nesta data... Querida
Em                               Am
Está fazendo um ano que nos separamos
B7
E até hoje eu nem sei por que brigamos
Em  C B7
Só sei que este amor me traz tanta saudade
Em                                         Am
Querida, eu já fiz tudo pra esquecer aquele dia
B7
Pois nunca mais eu consegui ter alegria
Em
Que me trouxesse um pouco de felicidade
Am              Em
Um ano se passou, você nem se lembrou
B7                          Em
Que o nosso amor foi grande até demais
Am                        Em
Não devo mais pensar, mas não posso evitar
F#7       B7            Em  B7
Eu longe de você não tenho paz
E             Em
Parabéns pra você
Em
Nesta data... Querida

Solo: Em Am B7 Em C B7

Em                                          Am
Querida, eu já fiz tudo pra esquecer aquele dia...
 
 

Nem vem que não tem



Simonal
Nem vem que não tem (1968) - Carlos Imperial

Ahahahahahaha!
-"Vamos voltar a pilantragem.
Xá comigo, uma musiquinha
Prá machucar os corações"

Nem vem que não tem
Nem vem de garfo
Que hoje é dia de sopa
Esquenta o ferro
Passa a minha roupa
Eu nesse embalo
Vou botar prá quebrar
Sacudim, sacundá
Sacundim, gundim, gundá!...

Nem vem que não tem
Nem vem de escada
Que o incêndio é no porão
Tira o tamanco
Tem sinteco no chão
Eu nesse embalo
Vou botar prá quebrar
Sacudim, sacundá
Sacundim, gundim, gundá!...

Nem vem!
Numa casa de caboclo
Já disseram um é pouco
Dois é bom, três é demais
Nem vem!
Guarda teu lugar na fila
Todo homem que vacila