sexta-feira, dezembro 24, 2010

Humano demais

Engenheiros do Hawaii
Tom:  F# 
  
(Humberto Gessinger / Luciano Granja / Adal Fonseca) 

Introdução: Eb Db

G#m                  C#
de tudo que é humano nada me é estranho
G#m                      C#
se o mar não tá pra peixe desse tamanho
G#m              C#
eu não esquento, eu não me iludo
G#m                C#
eu troco em miúdos o primeiro toque
   B         Bb    G#m (F# F)
e nada pode ser maior
G#m                  C#
de tudo que é humano nada me é estranho
G#m                   C#
fruto e semente...criatura e criador
G#m                       C#
as curvas da estrada...as pedras no caminho
G#m                         C#
os filmes de guerra e as canções de amor
 B         Bb    G#m (F# F)
nada pode ser maior
G#m                  C#
de tudo que acontece nada me surpreende
G#m                        C#
tudo me parece !tão normal!
G#m              C#
um big mac...maktub...
G#m                             C#
drops de Deus...filosofia fast-food
 B         Bb    G#m (F# F)
nada pode ser maior


Eb                   Db
não é ciência exata, não acontece em tempo real
Eb                       (Eb D Db C B Bb)
é demais !humano demais!
Eb                   Db
não é ciência exata, não acontece em tempo real
Eb                (Eb D Db C B Bb)
é demais !animal!


   G#m                     C#
e agora somos só nós dois: eu e minha circunstância
G#m                     C#
sempre foi só nós dois: eu e minha circunstância
G#m                    C#
sempre só nós dois: eu e eu


Eb                   Db
não é ciência exata, não acontece em tempo real
Eb                       (Eb D Db C B Bb)
é demais !humano demais!
Eb                   Db
não é ciência exata, não acontece em tempo real
Eb                (Eb D Db C B Bb)
é demais !animal!
Eb                    
...não é ciência exata...
Db                   
...não é ciência exata...
Eb                      (Eb D Db C B Bb)
não é...nada pode ser...
(G#m C#)   (G#m)
maior...