sexta-feira, dezembro 24, 2010

Vozes

Engenheiros do Hawaii


Tom: A 
  
E
Se você ouvisse
E4/7
As vozes que ouço à noite
E4         E
Acharia tudo que eu faço Natural (normal)
A       B             E  ( E6 E )
Se você sentisse O medo que eu sinto do escuro
A       B            E  ( E6 E )
Se você soubesse O mal que o sol me faz
A        B
Não me pediria pra repetir
C#m
Revoltas banais
C#9  B9     ( E  E4/7  E4  E )
Das quais eu já me esqueci
E        E4/7
Se você ouvisse Às vozes que ouço à noite
E4     E
Às vezes me assustam Outras vezes me atraem
A
Se você sofresse
B            E     ( E6 E )
Tanto quanto eu sofro com a solidão
A
Se você soubesse
B      E  ( E6 E )
O quanto eu preciso da solidão
A  B
Não me pediria pra repetir
C#m              C#9                    B9 ( E E4/7 E4 E )
Frases banais Das quais já me arrependi
E  E4/7
Duas pessoas são duas verdades
E4            E
E, na verdade, são dois mundos
E  E4/7
A cada segundo, o pânico aumenta
E4                       A
E uma sombra arrebenta A porta dos fundos
A
Se você sofresse
      B                        E    ( E6 E )
Tanto quanto eu sofro com a solidão
A
E precisasse
      B                       E     ( E6 E )
Tanto quanto eu preciso da solidão
A  B
Não me pediria pra repetir
C#m               C#9              B9 ( E D A B ) (3x)   A
Gestos banais Iguais aos que eu não fiz

Vida real

Engenheiros do Hawaii


Tom: G
  
(intro ) Am D  E/G# E

A                           G
Cai a noite sobre a minha indecisão
F#m                       B7
Sobrevoa o inferno minha timidez
A                 G
Um telefonema bastaria
F#m                         B7
Passaria a limpo a vida inteira
Eb                 E
Cai a noite sem explicação
D               E
Sem fazer a ligação

G                                      A
[na hora da canção em que eles dizem baby
G                    A
Eu não soube o que dizer]

Bm          E/G#
 Ah...vida real!

A                     G
Esperei chegar a hora certa
F#m                       B7
Por acreditar que ela viria
A                      G
Deixei no ar a porta aberta
F#m                B7
No final de cada dia
Eb                E
Cai a noite doce escuridão
D                 E
De madura vai ao chão
G                                     A
Na hora da canção em que eles dizem baby
G                     A
Eu não soube o que dizer
Bm            E/G#
Ah...vida real!
                          ( A G F#m B7 ) (4x)
Como é que eu troco de canal?

G                                      A
[na hora da canção em que eles dizem baby
G                    A
Eu não soube o que dizer]
Bm            E/G#
Ah...vida real!
   D        ( D E D E D E )
Tchau!!!

Vícios de linguagem

Engenheiros do Hawaii

Tom:  C 
  
(Humberto Gessinger) 

Introdução: C 

C
Tudo se resume a uma briga de torcidas
Am                    C
E a gente ali no meio, no meio das bandeiras
O jogo não importa, ninguém tá assistindo
Am                    C
E a gente ali no meio, no meio da cegueira 
Tudo se reduz a um campo de batalha
Am                    G F Em G
E a gente ali no meio
C
Tudo se resume a disputa entre partidos
Am               C  
Lama na imprensa, sangue nas bandeiras
A verdade passa ao largo, como se não existisse
Am                    C
E a gente ali no meio, como se não existisse
                                  Am    G F Em G
Tudo se reduz, a uma cruz e uma espada

C                      F7   G
Tchê, de que lado tu estás?
                 Am          Em G
Ninguém pode agradar os dois lados
C                          F7   G
Hey, it's time to make a choice
                         Am          Em 
We all want to hear your voice (it's true)
G            F             Em      G
Faça a sua aposta, tome a sua decisão

C
Tudo se produz na mesma linha de montagem
Am                 C
Apogeu e decadência na mais nobre linhagem

Votos de silêncio... vícios de linguagem
Am       G F Em G
Nada traduz
C                             F7   G
Hey, don't you know that you are
                   Am            Em  G
In the middle of a war (yes, you are)
C                      F7   G
Tchê, de que lado tu estás?
               Am    Em G Am     Em
Ninguém pode ficar no meio do tiroteio
G                 F        Em          G
Now it's time to say whose side you're on 
G          F          Em          G
Tudo se resume, se presume, se reduz
C            F7     G         C
E o principal fica fora do resumo

Vertical

Engenheiros do Hawaii

Tom: A
(intro 2x) Bm7  A/B

       F#m
  Tá legal
          B
  Eu tô ligado
    D              E         F#m
  Saber o que é possível é legal
          B
  Eu tô ligado
      D         E         F#m
  Querer o impossível é legal
          B
  Eu tô ligado
  D
  Vai chegar a hora
    E              F           F#m
  E quando chega a hora é mais legal
Bm                A
  Saber todo mundo sabe
                    E
  Querer todo mundo quer
Bm            A            E
  Mais fácil falar do que fazer
Bm                A
  Saber todo mundo sabe
                    E
  Querer todo mundo quer
Bm            A            E  F F#m  B  F#m  B
  Mais fácil falar do que fazer
       F#m      B
  Vertical... de corpo e alma
     D            E
  Mergulho ou decolagem
        F#m
  Tanto faz
          B
  Eu tô ligado
        D             E
  Lá no alto ou lá no fundo
          F#m
  É  vertical
          B
  Eu tô ligado
  D
  Já chegou a hora
     E             F        F#m
  E quando chega a hora é radical
Bm                A
  Saber todo mundo sabe
                    E
  Querer todo mundo quer
Bm            A            E
  Mais fácil falar do que fazer
Bm                A
  Saber todo mundo sabe
                    E
  Querer todo mundo quer
Bm            A            E  F  F#m  B  F#m  B
  Mais fácil falar do que fazer
Bm                A
  Saber todo mundo sabe
                    E
  Querer todo mundo quer
Bm            A            E
  Mais fácil falar do que fazer
Bm                A
  Saber todo mundo sabe
                    E
  Querer todo mundo quer
Bm            A            E   F  F#m  B  F#m B
  Mais fácil falar do que fazer
       F#m
  Tá legal
          B
  Eu tô ligado

Variações sobre o mesmo tema

Engenheiros do Hawaii

Tom:  F 
  
Parte I

       C                             Bb
    eu tenho os meus problemas, você tem os seus
         C                       Bb
    variações de um mesmo tema, ateus procurando Deus
       C                             Bb
    eu tenho os meus problemas, você tem os seus
         C                      Bb
    variações de um mesmo tema, dylan e seus dilemas

Am                                           F
?onde estamos?  ?pr'onde vamos?  ?onde já se viu?
Am                                       F
num retrato, num espelho, no mapa do brasil
Am                                             F
?qual é seu signo? ?que sangue você gosta de sugar?
      Am
?qual é o seu limite (se é que ele existe)?
   F                 G
se não existe, ?qual é?

           C
eu tenho os meus problemas...

Am                                           F
?onde estamos?  ?pr'onde vamos?  ?onde já se viu?
Am                                       F
num retrato, num espelho, no mapa do brasil
Am                                             F
?qual é seu signo? ?que sangue você gosta de sugar?
Am
?qual é o seu sexo (se é que ele existe)?
   F                            G
se não existe o complexo, ?qual é?
C                    F
não procure paz onde paz não há
C                           F
não procure alguém onde não há ninguém
C                          F
não procure um céu azul no mar vermelho
C                          F
não procure outras pessoas no espelho
C                           F
não procure mais, 'tá tudo aí
  C                       F
e ai de nós se o disco acabar
     C                             F
se o rastro ficar invisível a olho nu
C                                F
pois nossos olhos não usam black-tie
C
ouça o que eu digo: não ouça ninguém
F
ouça o que eu digo: não ouça ninguém
      C
só obedeça à lei da infinita highway
F                                       C
o piloto aunão leva a nenhum lugar
(não, não ouça o que eu digo: não ouça ninguém)
F                                       C
o piloto aunão leva a lugar nenhum
(não, não ouça o que eu digo: não ouça ninguém)
...não ouça ninguém


Parte II

Fm        Cm   Fm              Cm
não tenha medo: nem tudo tem explicação
Ab                   Gm    Ab                 G
há mistério em quase tudo, nem todo veludo é azul
F                  Am
o coração sempre arrasa a razão
           F                             G
o que é preciso ninguém precisa explicar
  Fm            Cm     Fm                Cm
o mundo é muito grande p'ra quem anda de avião
Ab                    Gm   Ab          G
p'ra quem anda sem destino ele cabe na palma da mão
F                  Am
o coração sempre arrasa a razão
          F                         E7        G
o que não tem explicação ninguém precisa explicar
Fm               Cm    Fm               Cm
o sol ainda se levanta no meio de tanta confusão
Ab              Gm   Ab              G
no meio da madrugada ele ilumina o japão
F               Am
o coração nunca cansa da canção
            F                          E7       G
o que 'tá escrito na canção ninguém precisa aceitar

Túnel do tempo

Engenheiros do Hawaii

Tom:  E 
  
(Humberto Gessinger) 

Introdução: 2x (E G#m A) - A B E

E  G#m       A
te vejo infinita
E  G#m        A
invejo quem grita
                B                     E
o fim do silêncio: canção que não acabou
E G#m           A
interna luz em fuga
E  G#m             A
lanterna sangra e suga
                 B                 E
pra ouvir melhor, melhor apagar a luz

F#m                  E
deve ser o que chamam CANTO DO CISNE
F#m       E
44 minutos do segundo tempo
F#m                  A
pra frente é que se anda
                     B
para a praça, ver a banda passar
F#m
se você for, eu vou
A                     B
se você vier, eu estou no mesmo lugar
F#m                  A
pra frente é que se anda
              B
na rua a banda continua a tocar
F#m                A
sem você, eu fico longe
                B
com você, tudo volta ao lugar

(introdução)

E  G#m      A
há vida na terra
E  G#m        A
há chances de erro
                    B           E
não há nada que possa nos proteger
E   G#m               A
acontece a qualquer hora
E   G#m              A
acontece a qualquer um
                    B        E
não há nada de errado com a gente

F#m                  E
deve ser o que chamam TELHADO DE VIDRO
F#m              E
chuva de granizo, vitrines & vitrais
F#m         A                   B
atire a primeira pedra quem nunca atirou
F#m          A                       B
espere pelo sangue que o bumerangue despertou
F#m        A                       B
atire a segunda pedra, a terceira, o milhar
F#m           A                    B
na idade das pedras que não criam limo
    C#m             B        A
os Flinstones continuam a rolar

F#m                  E
deve ser o que chamam TÚNEL DO TEMPO
F#m                E
ano 2000 era futuro há pouco tempo atrás
F#m                   A
há uma luz no fim do túnel 
                    B
e não é um trem na contramão (eterna luz em fuga)
F#m                     A
há um tempo certo para tudo
            B
para tudo uma razão (ou não)
F#m                   A
há uma luz no fim do túnel
                    B
uma chama que nos chama, nos atrai (lanterna sangra e suga)
F#m         A               B
é a luz do fim do túnel do tempo
     C#m     B        A G#m F# F#m E   (F# F#m E)
fogo fátuo, falta de ar

Tribos e tribunais

Engenheiros do Hawaii

Tom: D  
  
Introdução: (Bm F#m)

 D                    A
  Todo dia a gente inventa uma alegria
 Bm                         C
   A gente esquenta a água fria
 Bm                  Bb A
   E ignora a bola fora
 D                  A
  Toda hora a gente dá um desconto
 Bm                C
   A gente faz de conta
 Bm                                Bb               A
   Mas chega a um ponto em que ninguém mais quer saber
 D              A
  Crimes passionais
                    Bm
  Profissionais liberais demais
     C
  Segredos de estado
 Bm       Bb            A
   Centroavante recuado

Refrão:
  Bm             F#m
  Isso me sugere muita sujeira
  E                       Bm
  Isso não me cheira nada bem
                         F#m
  Tem muita gente se queimando na fogueira
     E                   Bm
  E muito pouca gente se dando muito bem
                 F#m
  Isso me sugere muita sujeira
  E                       Bm
  Isso não me cheira nada bem
                         F#m
  Tem muita gente se queimando na fogueira
     F                    G          Bm
  E muito pouca gente se dando muito bem

 D          A
  Agente secreto
                Bm
  Agente imobiliário
                C
  Gente como a gente
 Bm                Bb    A
   Presidente e operário
 D              A
  Empresas estatais
              Bm
  Estátuas de generais
    C
  Heróis de guerra
 Bm Bb          A
   Guerra pela paz
 D          A
  Indús, industriais
  Bm             C
  Tribos e tribunais
     Bm                Bb
  Pessoas que nunca aparecem
                 A
  Ou aparecem demais  ...refrão

 D            A
  Críticos da arte
            Bm
  Arte pela arte
                 C
  Pink Floyd sem Roger Waters
 Bm Bb           A
   Torna sem função
 D               A
  Fascista de direita
                 Bm
  Fascista de esquerda
                C
  Empresas sem fins lucrativos
 Bm  Bb                   A
   Empresas que lucram demais
 D                    A
  Todo dia a gente inventa e fantasia
 Bm                    C
   A gente tenta todo dia
         Bm
  Feitos cegos
  Bb         A
  Egos em agonia

  Bm             F#m
  Isso me sugere muita sujeira
  E                       Bm
  Isso não me cheira nada bem
                 F#m
  Isso me sugere muita sujeira
  E                       Bm
  Isso não me cheira nada bem
                 F#m
  Isso me sugere muita sujeira
  Bm                      F#m   E    G  (Bm F#m)
  Isso não me cheira nada bem, não, não
 D      A   Bm    C
  Todo dia, todo dia
 D      A   Bm    C 
  Todo dia, todo dia...

Todo mundo é uma ilha

Engenheiros do Hawaii

Tom: E 
  
Introdução: 63 64 60 E 42 40 54 50 42 40 54 50
            E B/D# D Bb Dm F G A


E              B/D#                D
Não me leve a sério, não me leve a mal
              Bb
me leve para casa
Dm               F                  G
Eu sou um bom rapaz, eu só bebi demais
                 A
preciso ir pra casa


E              B/D#               D
Você me procurou, eu procurei dizer
                 Bb
que não valia a pena
Dm             F              G
Você não escutou, você me acusou
                  A
de estar fazendo cena


 E             B/D#                 D
Não me leve a mal, mas eu não tô legal
                Bb
quero ficar sozinho
Dm               F                     G
Eu sou um bom rapaz, mas eu não sou capaz
                  A   63 64 60 E
de seguir o teu caminho


                        42 40 54 50 42 40 54 63 64 60 E
Você não sabe o que eu sinto
                       42 40 54 50 42 40 54 63 64 60 E
Você não sabe quem eu sou
                        42 40 54 50 42 40 54 63 64 60 E
A gente entrou num labirinto
                    (42 40 54 50) 3x 42 40 54 63 64 60
Eu dancei, você dançou E B/D# D Bb Dm F G A


E         B/D#                   D
Agora é tarde, já não tem mais jeito
             Bb
já não tem saída
Dm                    F
No fim das contas, a gente faz de conta
     G                 A
que isso faz parte da vida


E           B/D#        D          Bb
Eu caí..., você caiu..., numa armadilha
Dm            F
A gente tenta esquecer
    G                 A
que todo mundo é uma ilha


E           B/D#                D
Agora já é noite, já não faz sentido
              Bb
ficar se iludindo
Dm                   F
No fim das contas a gente faz de conta
       G             A   63 64 60 E
que o mundo não tá caindo

(refrão)

                   (42 40 54 52) 3x 42 40 54 63 64 60
Eu dancei, você dançou  E B/D# D Bb Dm F G A

(42 40 54 50) 3x 42 40 54 63 64 E (2a vez)

Toda forma de poder

Engenheiros do Hawaii

Tom: C 
  
Eu presto atenção no que eles dizem
                     Dm  G  C  E
Mas eles não dizem nada
  Am
Fidel e Pinochet tiram sarro de você
             Dm  G  C  E
Que não faz nada
       Am
E eu começo a achar normal que algum boçal
                    Dm    G  C  F  Bb  E
Atire bombas na embaixada

        Am                   Dm         Em
Se tudo passa,  talvez você passe por aqui
     Am           Dm              Em
E me faça  esquecer tudo que eu vi
        Am                     Dm          Em
Se tudo passa,   talvez você passe por aqui
      Am         Dm   Em   D   Em
E me faça  esquecer

Am
Toda forma de poder
                           Dm  G  C  E
É uma forma de morrer por nada
Am
Toda forma de conduta
                            Dm  G  C E
Se transforma numa luta armada
      Am
A história se repete
                                    Dm   G  C  F  Bb  E
Mas a força deixa a estória mal contada

        Am                     Dm         Em
Se tudo passa,  talvez você passe por aqui
     Am         Dm               Em
E me faça  esquecer tudo que eu vi
        Am                  Dm          Em
Se tudo passa,  talvez você passe por aqui
      Am         Dm   Em   D   Em
E me faça  esquecer

   Am
O fascismo é fascinante
                               Dm  G  C  E
Deixa a gente ignorante fascinada
       Am
E tão fácil ir adiante
                                     Dm  G  C  E
E esquecer que a coisa toda está errada

    Am
Eu presto atenção no que eles dizem
                   Dm   G  C  F  Bb  E
Mas eles não dizem nada

        Am                   Dm         Em
Se tudo passa,  talvez você passe por aqui
     Am          Dm               Em
E me faça  esquecer tudo que eu vi
        Am                  Dm          Em
Se tudo passa,  talvez você passe por aqui
      Am          Dm   Em   D   Em
E me faça  esquecer

(solo) Am Dm E  Am Dm E  A Dm E  Am E
        Am                   Dm         Em
Se tudo passa,  talvez você passe por aqui
     Am          Dm               Em
E me faça  esquecer tudo que eu vi
        Am                     Dm          Em
Se tudo passa,  talvez você passe por aqui
      Am          Dm   Em   D   Em
E me faça  esquecer...

Dm    Em    Am    Dm    Em    Am    Dm    Em    Am
Iêêêê Iêêêê Ouuuu Iêêêê Iêêêê Ouuuu Iêêêê Iêêêê Ou

Terra de gigantes

Engenheiros do Hawaii

Tom: E 
  
(intro): F#   A   B



    E        Abm/Eb                      C#m      Ab/C
   Hei, mãe,     eu tenho uma guitarra elétrica
      A                           E/G#                 A   B
   Durante muito tempo, isso foi tudo o que eu queria ter
         E        Abm/Eb              C#m         Ab/C
   Mas, hei, mãe,     alguma coisa ficou pra trás
A                    E/G#              A       B
   Antigamente eu sabia exatamente o que fazer
    E        Abm/Eb                   C#m         Ab/C
   Hei, mãe,      tenho uns amigos tocando comigo
   A                  E/G#             A           B
   Eles são legais, além do mais não querem nem saber
     E            Abm/Eb     C#m             Ab/C
   que agora, lá fora, todo mundo é uma ilha
       A               E/G#  A                B
   Há milhas e milhas          de qualquer lugar

F#7(11)              E
   Nessa terra de gigantes
F#7(11)                     E
   que trocam vidas por diamantes
F#7(11)               A               B           E   C#m  E   C#m
   A juventude é uma banda numa propaganda de refrigerantes

   E            Abm/Eb      C#m                   Ab/C
   As revistas, as revoltas,   as conquistas da juventude
    A             E/G#         A            B
   São heranças, são motivos pras mudanças de atitude
       E                     Abm/Eb C#m        Ab/C
   Os discos, as danças, os riscos    da juventude
      A             E/G#           A                 B
   A cara limpa, a roupa suja esperando que o tempo mude

F#7(11)              E
   Nessa terra de gigantes
F#7(11)                  E
   Tudo isso já foi dito antes
F#7(11)               A               B            E   C#m  E   C#m
   A juventude é uma banda numa propaganda de refrigerantes

    E         Abm/Eb                  C#m    Ab/C
   Hei, mãe,     já não esquento a cabeça
      A                          E/G#                A   B
   Durante muito tempo isso foi só o que eu podia fazer
        E            Abm/Eb                      C#m    Ab/C
   Mas hei, hei, mãe      por mais que a gente cresça
       A                   E/G#                    A   B
   Há sempre coisas que a gente não consegue entender
       E         Abm/Eb                      C#m          Ab/C
   Por isso, mãe,     só me acorda quando o Sol tiver se posto
   A                     E/G#            A      B
   Eu não quero ver meu rosto antes de anoitecer
    E              Abm/Eb  C#m                  Ab/C
   Pois agora, lá fora, o mundo todo é uma ilha
       A                 E/G#   A   B
   Há milhas e milhas e milhas...

F#7(11)              E
   Nessa terra de gigantes
F#7(11)                     E
   Que trocam vidas por diamantes
F#7(11)               A               B            E     C#m E C#m
   A juventude é uma banda numa propaganda de refrigerantes

F#7(11)              E
   Nessa terra de gigantes
F#7(11)                     E
   Que trocam vidas por diamantes
F#7(11)               A               B        E     C#m E C#m E
   A juventude é uma banda numa propaganda de refrigerantes

Sweet Begônia

Engenheiros do Hawaii
Tom: E
  

Introdução: 2x (E D F#m A)

      E              D
Você diz que eu sou louco
          F#m        A
Eu digo: "Louca é você"
      E                D
Você diz que eu tenho pouco,
       F#m         A
Quase nada a oferecer
 E           D
Tudo que eu faço
      F#m          A
Você diz que tá errado
        E           D
Você me acha um fracasso,
       F#m             A
Eu não acho isso engraçado

G#m               F#m
Mais uma pergunta fica sem resposta
G#m               F#m
Mais uma proposta pra gente ficar junto
G#m                              B         A
Você muda de assunto e eu te pergunto por quê?
          B         A
Eu te pergunto por quê?
          B         D    E
Eu te pergunto por quê?

E            D
Eu não te entendo
F#m       A
Mas já dependo de ti
E             D
Eu não te esqueço
F#m              A
Mas nem teu endereço eu consegui
E         D
Eu te procuro
F#m       A
Tá tão escuro aqui
E           D
Eu fico confuso
F#m              A
Eu entro em parafuso

G#m               F#m
Mais uma pergunta fica sem resposta
G#m               F#m
Mais uma proposta pra gente ficar junto
G#m                              B         A
Você muda de assunto e eu te pergunto por quê?
          B         A
Eu te pergunto por quê?
          B         D    E
Eu te pergunto por quê?

Surfando karmas & dna

Engenheiros do Hawaii

Tom:  G
  
Intro: Am Am/G Am/F# Am/F

Am             Am/G         Am/F#             Am/F
  quantas vezes eu estive cara à cara com a pior metade?
Am           Am/G        Am/F#       Am/F
  a lembrança no espelho, a esperança na outra margem
Am                Am/G           Am/F#   Am/F
  quantas vezes a gente sobrevive à hora da verdade?
Am            Am/G       Am/F#         Am/F
  na falta de algo melhor nunca me faltou coragem
  B
  se eu soubesse antes o que sei agora
Bb              C                 (Am C D C) (Am C D C)
  erraria tudo exatamente igual

  Am                C        D               C
e|-----------------------------------------------------------
B|-----------------------------------------------------------
G|----------------------------------------------------------- 
D|-5h7-7-5-7--5-7--5-7-7-7----5h7-7-5-7--5-7--5-------------- 2x
A|----------------------------------------------7-6-5--------
E|-----------------------------------------------------------

Am                 Am/G            Am/F#           Am/F
  tenho vivido um dia por semana... acaba a grana, mês ainda tem
Am           Am/G        Am/F#          Am/F
  sem passado nem futuro, eu vivo um dia de cada vez
Am             Am/G      Am/F#                Am/F
  quantas vezes eu estive cara à cara com a pior metade?
Am                Am/G           Am/F#   Am/F
  quantas vezes a gente sobrevive à hora da verdade?
  B
  se eu soubesse antes o que sei agora
Bb           C                   
  iria embora antes do final

  Am                C        D               C
e|-----------------------------------------------------------
B|-----------------------------------------------------------
G|----------------------------------------------------------- 
D|-5h7-7-5-7--5-7--5-7-7-7----5h7-7-5-7--5-7--5-------------- 
A|----------------------------------------------7-6-5--------
E|-----------------------------------------------------------

   Am                C        D               C
e|-----------------------------------------------------------
B|--------------------------------------------------5b~------
G|--------------------------------------------------5b~------ 
D|-5h7-7-5-7--5-7--5-7-7-7----5h7-7-5-7--5-7--5-7-5---------- 
A|-----------------------------------------------------------
E|-----------------------------------------------------------

   Am                C        D               C
e|-----------------------------------------------------------
B|-----------------------------------------------------------
G|----------------------------------------------------------- 
D|-5h7-7-5-7--5-7--5-7-7-7----5h7-7-5-7--5-7--5-------------- 
A|----------------------------------------------7-6-5--------
E|-----------------------------------------------------------

D               Am
  surfando karmas e DNA
C
  não quero ter o que eu não tenho
E
  não tenho medo de errar
D               Am
  surfando karmas e DNA
C
  não quero ser o que eu não sou
E                                 
  eu não sou maior que o mar
D               Am       C   E      (Am C D C) (Am C D C)
  surfando karmas & dna... ô ô ô...

Solinho:


    C       E  
e|---------------3~-------------------
B|--4b5-----4b5-----------------------
G|------5~----------------------------
D|------------------------------------
A|------------------------------------
E|------------------------------------

  Am                C        D               C
e|-----------------------------------------------------------
B|-----------------------------------------------------------
G|----------------------------------------------------------- 
D|-5h7-7-5-7--5-7--5-7-7-7----5h7-7-5-7--5-7--5-------------- 
A|----------------------------------------------7-6-5--------
E|-----------------------------------------------------------

   Am                C        D               C
e|-----------------------------------------------------------
B|--------------------------------------------------5b~------
G|--------------------------------------------------5b~------ 
D|-5h7-7-5-7--5-7--5-7-7-7----5h7-7-5-7--5-7--5-7-5---------- 
A|-----------------------------------------------------------
E|-----------------------------------------------------------

   Am                C        D               C
e|-----------------------------------------------------------
B|-----------------------------------------------------------
G|----------------------------------------------------------- 
D|-5h7-7-5-7--5-7--5-7-7-7----5h7-7-5-7--5-7--5-------------- 
A|----------------------------------------------7-6-5--------
E|-----------------------------------------------------------


Am            Am/G      Am/F#           Am/F
  na falta do que fazer, inventei minha liberdade


                D9                Am         C                       E
e|--------------------------------12~--------12~---------12-13-10-12------
B|-15-13----13--15~---15-13----13-----13---------13------------------12~--
G|-------14-----------------14-----------14---------12--------------------
D|------------------------------------------------------------------------
A|------------------------------------------------------------------------
E|------------------------------------------------------------------------

D               Am
  surfando karmas e DNA
C
  não quero ter o que eu não tenho
E
  não tenho medo de errar
D               Am 
  surfando karmas e DNA
C
  não quero ser o que eu não sou
E                              D      Am   C   E       
  eu não sou maior que o maaaaaaar... ô ô... ô ô ô....

(Am C D C) (Am C D C) (Am C D C Am)

Sopa de letrinhas

Engenheiros do Hawaii

Tom:  G
  
Introdução: Em D


Em 
Nosso amor é nazifascista
   D
Você se esconde, eu sigo a tua pista
   Em
Eu fico sozinho, mas não fico em paz
   D
Eu volto pra casa, você volta atrás


Em
Nosso amor é medieval
   D
É como uma pedra em vidro de catedral
Em
Ontem à noite, eu tive um sonho exótico
     D
Nós dois, por aí, transando sexo gótico


C                Bm
Eu fico sozinho, teu beijo me arranha
C                    B                  Em
Um estranho no ninho, ninguém estranha


Em
Nosso amor é uma abobrinha
       D
Eu escrevo teu nome numa sopa de letrinhas
   Em
Eu fico sonhando em ser astronauta
   D
Eu olho pra lua e sinto a tua falta


Em
Nosso amor é pós-moderno
      D
"Eu quero que você se aqueça nesse inverno"
Em 
Tenho andado aéreo

Como tropas minhas no ataque
        D
Fim de noite, fim de mundo

Lá no fundo do conhaque


C                Bm
Eu fico sozinho, teu beijo me arranha
C                    B                  Em
Um estranho no ninho, ninguém estranha


Em
Nosso amor é nazifascista
    D
Eu tento fugir, você me conquista
    Em
Eu fico sozinho, mas não fico em paz
    D
Eu volto pra casa, você volta atrás

Somos quem podemos ser

Engenheiros do Hawaii

Tom:  G 
  
(intro 2x)  G7M  C7M

(violão 1 – 2x)


   G7M
E|-------2---2-------2----------------------
B|-----3---3-------3---3--------------------
G|---4-----------4-------4------------------
D|------------------------------------------
A|------------------------------------------
E|-3-----------3----------------------------
   p i m a m a p i m a m i


   C7M
E|-------7---7-------7----------------------|
B|-----8---8-------8---8--------------------|
G|---9-----------9-------9------------------|
D|------------------------------------------|
A|------------------------------------------|
E|-8-----------8----------------------------|
   p i m a m a p i m a m i

(primeira parte)
    G7M                              C7M
Um dia me disseram que as nuvens não eram de algodão
    G7M                                   C7M
Um dia me disseram que os ventos às vezes erram a direção
   G7M                           C7M
E tudo ficou tão claro, um intervalo na escuridão
        G7M                        C7M
Uma estrela de brilho raro, um disparo para um coração

(segunda parte)
   Bm7                           C7M
A vida imita o vídeo, garotos inventam um novo inglês
   Bm7                         C7M
Vivendo num país sedento um momento de embriaguês

(refrão)
 Am7                Bm7
Somos quem podemos ser
 Am7                Bm7  C7M
Sonhos que podemos ter

(intro 2x) G7M  C7M

(variação da primeira parte)
    G7M                          C7M
Um dia me disseram quem eram os donos da situação
        G7M                            C7M
Sem querer eles me deram as chaves que abrem esta prisão
   G7M                             C7M
E tudo ficou tão claro, o que era raro ficou comum
         G7M                          C7M
Como um dia depois do outro, como um dia, um dia comum

(segunda parte)
   Bm7                           C7M
A vida imita o vídeo, garotos inventam um novo inglês
   Bm7                       C7M
Vivendo num país sedento um momento de embriaguês

(refrão)
 Am7                Bm7
Somos quem podemos ser
 Am7                Bm7   C7M
Sonhos que podemos ter

(solo) G7M  C7M (2x)
       Bm7  C7M (2x)
       Am7  Bm7 C7M  D4(7/9)

(violão solo)

(parte 1 - 2x)


   G7M              C7M
E|---------2-2-1/2\----------7-7-6/7\-------|
B|-------3-----------------8----------------|
G|-----4-----------------9------------------|
D|-4/5--------------9/10--------------------|
A|------------------------------------------|
E|------------------------------------------|
   p   i m a m i   p     i m a m i

(parte 2)


       Bm7        C7M           Bm7
E|-7-8-8/10~--7-8-10/12-10--7-8-8/10--------|
B|------------------------------------------|
G|------------------------------------------|
D|------------------------------------------|
A|------------------------------------------|
E|------------------------------------------|


       C7M      Am7           Bm7
E|-7-8-8/12-10--10-8-7----------------------|
B|---------------------10-8-7-7/10----------|
G|------------------------------------------|
D|------------------------------------------|
A|------------------------------------------|
E|------------------------------------------|

(parte 3)


   C7M      D4(7/9)              harm.
E|-15-14-12---------------------------------|
B|----------15-13-12-15-13-12---------------|
G|----------------------------14------------|
D|-------------------------------12---------|
A|------------------------------------------|
E|------------------------------------------|

(terceira parte)
    G7M                              C7M
Um dia me disseram que as nuvens não eram de algodão
        G7M                            C7M
Sem querer eles me deram as chaves que abrem esta prisão

  Bm7                           C7M
Quem ocupa o trono tem culpa, quem oculta o crime, também
  Bm7                            C7M                       Bm7
Quem duvida da vida tem culpa, quem evita a dúvida também tem
   C7M      Bm7          C7M
uh uh       uh        uh uh

(refrão)
 Am7                Bm7
Somos quem podemos ser
 Am7                Bm7   C7M   G7M
Sonhos que podemos ter

Outras Tabs

(solo introdução)


   G7M              C7M
E|---------2-2-1/2\----------7-7-6/7\-------|
B|-------3-----------------8----------------|
G|-----4-----------------9------------------|
D|-4/5--------------9/10--------------------|
A|------------------------------------------|
E|------------------------------------------|
   p   i m a m i    p    i m a m i

dedilhados da primeira parte)

(violão 2)


   G7M
E|------------------------------------------|
B|-----0-----0-----0-----0------------------|
G|---0-----0-----0-----0--------------------|
D|-------4-----2-----0----------------------|
A|------------------------------------------|
E|-3----------------------------------------|
   p i m p i m p i m p i m


   C7M
E|-------0----------------------------------|
B|-----0---0---------0-----0----------------|
G|---0-------0-----0-----0------------------|
D|-------------2h4-----2--------------------|
A|-3----------------------------------------|
E|------------------------------------------|
   p i m a m i p   i m p i m

(dedilhados da segunda parte)

(violão 1 - 2x)


   Bm7
E|-------5---5-------5----------------------|
B|-----7---7-------7---7--------------------|
G|---7-----------7-------7------------------|
D|------------------------------------------|
A|------------------------------------------|
E|-7-----------7----------------------------|
   p i m a m a p i m a m i


   C7M
E|-------7---7-------7----------------------|
B|-----8---8-------8---8--------------------|
G|---9-----------9-------9------------------|
D|------------------------------------------|
A|------------------------------------------|
E|-8-----------8----------------------------|
   p i m a m a p i m a m i

(violão 2 - 2x)


   Bm7
E|------------------------------------------|
B|-------3-----3-----3----------------------|
G|-----2---2-----2-----2--------------------|
D|---0-------0-----0-----0------------------|
A|-2----------------------------------------|
E|------------------------------------------|
   p i m a m i a m i a m i


   C7M(9)
E|------------------------------------------|
B|-------3-----3-----3----------------------|
G|-----4---4-----4-----4--------------------|
D|---2-------2-----2-----2------------------|
A|-3----------------------------------------|
E|------------------------------------------|
   p i m a m i a m i a m i

(dedilhados do refrão)

(violão 1)


  Am7         Bm7         Am7         Bm7 C7M
E|------3-----------5-----------3-----5---7-|
B|----5---5-------7---7-------5---5---7---8-|
G|--5-------5---7-------7---5-------5-7---9-|
D|------------------------------------------|
A|------------------------------------------|
E|5-----------7-----------5-----------7---8-|
  p i m a m i...

(violão 2)


   Am7         Bm7         Am7        Bm7 C7M
E|-0-----------2-----------0----------2---3-|
B|-1-----------3-----------1----------3---5-|
G|-0-----------2-----------0----------2---4-|
D|-2-----------4-----------2----------4---5-|
A|-0-----------2-----------0----------2---3-|
E|------------------------------------------|
   ↓           ↓           ↓          ↓   ↓

Sob o tapete

Engenheiros do Hawaii


Tom:  E
  
E
  Quando menos se espera
  O que seria já era
  ?o que seria de nós
 G                A
  Se não fosse a ilusão
 C                B   E
  Que nos trouxe até aqui?
  E
  Quanto mais se foge
  Tanto mais se quer fugir
  ?O que seria de nós
  G              A
  Se não fosse a ilusão
    C        B           A
  A doce ilusão de conseguir?

     E
  Há mais de uma semana
  Eu não sei que horas são
   
  Havia um romance
  Ao alcance da mão
                    
           A
  Mas o cigarro apagou
    C#m   
  Enquanto eu decidia
       C
  Se o vício valia
           B
  Se eu seria capaz
        B              E
  Ou seria difícil demais

 E
 Quando menos se espera
 O que seria já era
 ?O que seria de nós
 G              A
  Se não fosse a mão
  C                B   E
  Que nos trouxe até aqui?

 E
  Quanto mais se foge
  Tanto mais se quer fugir
  E só se pensa em fugir
  G                A
  Da mão que nos trouxe
  C                B      E
  A doce ilusão de conseguir

 E
  Há mais de um motivo
  Há mais de uma razão
     
  Havia um romance
  Ao alcance da mão
           A
  Mas o cigarro apagou
         C#m
  E me ensinou o macete
       C
  De esconder as cinzas
         B
  Sob o tapete

Simples de coração

Engenheiros do Hawaii


Tom: B 
  
(Humberto Gessinger) 

Introdução: G#m - G#m A#m B C#
Solo:


E|-------|-----------------|-----------------
B|---7-7b|---9-7-----------|---------7-9-----
G|-8-----|-8-----8-6---6/8~|-6---6-8---------
D|-------|-----------9-----|---9-------------
A|-------|-----------------|-----------------
E|-------|-----------------|-----------------

E          Em     B           G#4 G#    E     Em         B
Volta pra casa... me traz na bagagem: tua viagem sou eu
E          Em    B           G#4 G#   C#m    E         F#
Novas paisagens, destino passagem: tua tatuagem sou eu
E      Em  B        G#4 G#  E       Em         B
Casa vazia, luzes acesas (só pra dar a impressão)
E       Em    B            G#4 G# C#m      E    F#
Cores e vozes, conversa animada (é só a televisão)

C#m   E            B   C#m        E        B
Já perdemos muito tempo brincando de perfeição
C#m   E            B   C#m      E       F#
Esquecemos o que somos: simples de coração

E       Em    B         G#4 G#  E        Em         B
Volta voando (vinda do alto), derrete o chumbo do céu
E            Em   B        G#4 G# C#m     E        F#
Antes que eu saia pela tangente no giro do carrossel
E          Em   B            G#4 G#  E       Em              B
Falta uma volta (ponteiros parados): tudo dança em torno de ti
E         Em     B        G#4 G# C#m          E     F#
Volta pra casa... fim da viagem: benvinda à vida real
C#m   E            B   C#m        E        B
Já perdemos muito tempo brincando de perfeição
C#m   E            B   C#m      E       B
Agora é bola pra frente, agora é bola no chão
C#m    E            B   C#m        E        B
Já brincamos muito tempo (até perder a direção)
C#m       E      B   C#m          E      G#m
Na santa paz de Deus, no mais perfeito caos  

solo: 4x (C#m B) G#m 4x (E B)

C#m     E       B     C#m     E       B   (G#m)        
Simples de coração... simples de coração

Sem você (é foda!)

Engenheiros do Hawaii

Tom: C 
  
Introdução: (Am Em F C G) 2x


e|--------------------------------|
b|--------------------------------|
G|--------------------------------|
D|--------------------------------|
A|--3-2-0-2------3-2-0-2-3--------|
E|----------0-1------------3-5----|


e|--------------------------------|
b|--------------------------------|
G|--------------------------------|
D|--------------------------------|
A|--3-2-0-2------3-2-0-2-3--------|
E|----------0-1------------3------|

Am          Em
Um calor do cão
F             C  G
Um frio de rachar
Am          Em        F           C  G      
Tudo aqui parece estar fora do lugar
Am       Em F                 C  G
Uma sensação difícil de explicar
Am          Em        F           C  G      
Tudo aqui parece estar fora do lugar
  G#
O dia, a noite
             G      C   G C
Terra, fogo, água e ar
 G#                           G 
Sem você fica tudo fora do lugar

Am              Em F                       C  G  
A bandeira tricolor na sacada em frente ao mar
Am             Em F               C  G      
A caça e o caçador saindo pra jantar
  Am            Em F              C G
A fila do cinema, o sistema fora do ar
Am          Em        F           C  G 
Tudo aqui parece estar fora do lugar
G#
O sul, o norte
             G      C  G C
Terra, fogo, água e ar
G#                            G
sem você tudo fica fora do lugar

solo: Am Em F C G

G#                            G
sem você tudo fica fora do lugar
 F                            G
fora de foco, difícil de enxergar
G#                            G
sem você tudo fica fora do lugar
 F                      G          (Am Em F C G) Am
fora de si...foda de se aguentar

Sem problema

Engenheiros do Hawaii

Tom: A
  
(Humberto Gessinger) 

Introdução: 4x (A G D)

A         G           D         C#7
chame do jeito que você quiser:
                   F#m
medo, coragem ou amor
A     G              D   C#7
faça disso o que quiser: 
                        F#m
é um presente que eu te dou

G                  A              D
só não tente me dizer o que é melhor pra mim
Bm            D
?quem pode saber?
G                  A            D 
não venha me explicar o que eu sinto por você
Bm                  D  2x (A G D)
sou o primeiro a saber

A           G              D        C#7
seja o que for, esteja onde estiver
                  F#m
teu homem, tua mulher
A          G        D   C#7
vício, virtude ou amor
                      F#m
chame do jeito que quiser

G                  A              D
só não tente me dizer o que é melhor pra mim
Bm            D
?quem pode saber?
G               A      D 
não venha me dizer que eu te machuquei
Bm              D  Bm                D
você sabe como sou, como eu era e serei
G     A         D             
só você pode saber

(D Bm)
entenda o meu corpo (batimentos por minuto)
minha stória, meus kilômetros por hora
entenda meu canto, meus tantos por cento
meus contos de réis (tantos por mês)
entenda meu corpo: sal e litros d’água
em centímetros ao cubo

G     A              D   (C#m E)
em silêncio...por favor
A                  B              E
só não tente me dizer o que é melhor pra mim
C#m              E
(ninguém pode saber)
A                  B            E
não venha me explicar o que eu sinto por você
C#m                 E
sou o primeiro a saber
C#m             E
o primeiro a saber
A     B        (E)
o primeiro a saber

Sei não

Engenheiros do Hawaii

Tom: E
  
Intro: (E F# A E C#m B A) 2x

E                    C#m                         A
não sei qual foi a causa e quais serão as consequências
                      F#             B       E
(a borboleta bate as asas e o vento vira violência)
E               C#m                      A
não sei a soma exata, só a ordem de grandeza
                F#            B          E
não sermos literais às vezes faz nossa beleza
          A           C#m                  
às vezes faz nossa cabeça um 
         A               F#     
par de olhos, um pôr de sol
          A       F#m 
às vezes faz a diferença

Refrão: 

    E            F#     A              E
tentei ficar na minha tentei ficar contigo
      C#m           B                A
o que há de mais moderno ainda é um sonho muito antigo
    E             F#     A             E
tentei ser teu futuro tentei ser teu amigo
      C#m           B       A           
o que há de mais seguro também corre perigo

(E F# A B)

E                  C#m                 A
não sei a quantas anda, é da nossa natureza
                   F#          B              E
não saber o que fazer às vezes faz nossa certeza 
          A           C#m                  
às vezes faz nossa cabeça um 
         A               F#     
par de olhos, um pôr de sol
          A       F#m 
às vezes faz a diferença


Refrão...

Solo: (F# E A)

Refrão...

Segurança

Engenheiros do Hawaii

Tom: A
  
(intro) A C#m

(refrão)
        A              E
Você precisa de alguém
              F#m   C#m
Que te dê segurança        (bis)
            D    F#m
Senão você dança
            Bm    E
Senão você dança

F#m                           E
   Ele era o tal, cheio de moral, "bon vivant" (Don Juan)
F#m                                     E
   Parecia um galã, usando óculos "Ray-Ban"
F#m                                  E
   Corria em Tarumã, combateu no Vietnã
F#m                       E
   Vestia "Yves Saint-Laurent" (Pierre Cardin) ... (refrão)

F#m                           E
   Ele era o tal, um cara tão legal, fascinava você
F#m                             E
   Tinha um Puma GT com vidro fumê
F#m                                E
   Tinha sauna no ap, só pra você ver (pode crer)
F#m                                  E
   Lutava karatê como nos filmes da TV  ... (refrão)

F#m                                     E
   E o que mais emociona é que tudo nasceu
F#m                        E
   Numa carona que ele te deu
F#m                                         E
   O que mais me impressiona é que tudo se deu
F#m                             E
   No banco traseiro dum Alfa Romeo  ... (refrão)

        A                           E
Você precisa, você precisa, você precisa
                      F#m            C#m
Você precisa, você precisa de alguém
            D    F#m
Senão você dança
               Bm            E A
Senão você se cansa e rança

Segunda-feira blues II

Engenheiros do Hawaii
Tom: G
  

Intr: Gaita C D Bm C Am G B7

Gaita em sol:  5 6 5 -6 6 5 4 -4. -4 -4-5 -4 4 5 -5 5 6 
                -5 5 4. -4 5 -5 5 -5 6. -6(Band)

Em                                     C
? onde estão os caras que diziam que a guerra ia acabar ?
D                                        Bm
? onde estão os caras que diziam que a maré ia virar ?
C                    Am
(eles garantiam que Freud explicava tudo)
G                                     B7
? onde estão os sobreviventes daquele mundo ?  

Em                          C                        D
? onde estão os caras que usavam palavras precisas 
                             Bm
pra nos livrar da tirania do mal ?
C                            Am
? onde estão os filhos da revolução sexual ?
G                                  B7
? donde están los herderos de la falácia liberal ? 
                 Em                     C
? onde estão as provas ? onde estão os fatos ?
          Em              C
? as boas novas eram só boatos ?
G
? onde estão os caras que lutavam e cantavam ?
         B7                                  Em
( por um mundo ideal se perguntavam : onde estamos nós ?

Segunda-feira blues I

Engenheiros do Hawaii
Tom: F
  
                           C             D
onde estão os caras que lutavam dia-a-dia  
                       Bm
sem perder a ternura jamais ?
C                    Am                     G     
  onde estão os caras que desmaterializavam moedas 
                   B7
    de dez mil reais ?
Em                      C                      D   
  onde estão os caras que desconheciam limites ... 
                         Bm
        universal e singular ?
C                      Am
  onde estão os caras que desenhavam novas cidades
G                                B7
   em guardanapos na mesa de um bar?

              Em                    C
onde estão as provas, onde estão os fatos ?
         Em             C
as boas novas eram só boatos ?
G                           
onde estão os atos de bravura e rebeldia 
                     B7
(ternura guerreada dia-a-dia) ?
                Em
será que estamos sós ?

                               C
onde estão os caras que pregavam no deserto ?
D                      Bm
  (o deserto continua lá)
C                           Am                    G
 onde estão os caras que deixavam as portas abertas 
                           B7
    para a vida poder circular ?
Em                         C
 onde está o teatro mágico só para iniciados ?
D                          Bm
 onde está o espaço não privatizado ?
C                           Am                      G 
 onde estão os caras que acenavam com a mão invisível 
                           B7
     um mercado para todos nós ?

                 Em                 C
onde estão as provas, onde estão os fatos ?
         Em            C
as boas novas eram só boatos ?
G
onde estão os caras que lutavam e cantavam ?
         B7                                    Em
(por um mundo ideal eles gritavam : ! não estamos sós ! )

(Em  C  D  Bm  C  Am)
onde estão os caras que diziam que a guerra ia acabar ?
onde estão os caras que diziam que a maré ia virar ?
onde estão os caras que espalharam o vírus, 
prometeram a cura e viraram as costas ?
onde está o outro ? onde está o diferente ? 
  G  B7
onde está o comum a toda gente?

               Em                      C
onde estão as provas, onde estão os fatos ?
          Em           C
as boas novas eram só boatos ?
                Em                     C     G  B7  Em
onde estão as provas, onde estão os fatos ?

Seguir viagem

Engenheiros do Hawaii

Tom: G 
  
(Humberto Gessinger) 


Em       D    Am                 C
seguir viagem, tirar os pés do chão
Em       D     Am                C
viver à margem, correr na contramão
Em      D   Am        C
a tua imagem e perfeição
Em       D        Am        C
segue comigo e me dá a direção

G                        D
se dizem que é impossível eu digo: ! é necessário !
G                        D
se dizem que estou louco (fazendo tudo ao contrário)
    C             D           C             D
eu digo que é preciso, eu preciso... é necessário


Em       D    Am                C
seguir viagem, tirar os pés da terra firme
     Em       D    Am  C
e seguir... viagem

(Em D Am C) Solo no baixo: D E C D B C A B G A F# G E F#
                           D E F# G A E


Em       D    Am                 C
seguir viagem, tirar os pés do chão
Em     D           Am              C
outros ares...sete mares...voar...mergulhar
Em              D            Am          C
o que nos dá coragem não é o mar nem o abismo
Em   D          Am              C
é a margem, o limite e sua negação

G                        D
se dizem que é impossível eu digo: !é necesário!
G                      D
se dizem que é loucura (eu provo o contrário)
   C             D           C            D
e digo que é preciso, eu preciso...é necessário

Em       D    Am                C
seguir viagem, tirar os pés da terra firme
     Em       D    Am C
e seguir... viagem

(Em D Am C) Solo no baixo: D E C D B C A B G A F# G E F#
                           D E F# G A E

Solo: (C#m G#m B)

Em       D   Am C
seguir viagem...

Sampa no walkman

Engenheiros do Hawaii


Tom: D   
Introdução: 2x (G A Bm E G Bm) 

D
este sou eu
parado na esquina
   G/D
a mesma cidade em outra canção
(o barulho termina, começa a canção)

D
é a verdade
a-ver-a-cidade
   G/D
alguma coisa acontece no meu coração

D
estas são elas
tuas meninas
       G/B
(nordestinas, erundinas)
tua mais completa contradição

D
esta São Paulo
são tantas cidades
G/D
nunca tantas quantas gostaria de ser

F#                   Bm  A
ouvindo Sampa no walkman
E                     A  G
(vidro, concreto e metal)
F#                   Bm  A
ouvindo Sampa no walkman
E                             A
duvido de qualquer cartão postal

D
este sou eu
parado na esquina
  G/D
a-ver-a-cidade, ouvindo a canção

D
deuses da chuva
demônios da garoa
  G/D
garotas propaganda além dos out doors
D
FIESP, favelas
ouro & ferro velho
    G/D
surfista ferroviário
(o contrário do contrário do contrário do...)

D
esta São Paulo
são tantas cidades
G/D
nessas cidades eu vejo a canção

F#                   Bm  A
ouvindo Sampa no walkman
E                      A     G
samples de sons audiovisuais
F#                   Bm  A
ouvindo Sampa no walkman
E                      A  
na ponte aérea, no metrô

(Solo)

F#                   Bm  A
ouvindo Sampa no walkman 
E                     A   G
(vidro, concreto & metal)
F#                   Bm  A
ouvindo Sampa no walkman 
E                             A
duvido de qualquer cartão postal
F#                   Bm  A
ouvindo Sampa no walkman 
E                      A
samples de sons audiovisuais
F#                   Bm  A
ouvindo Sampa no walkman 
E                     A  G
na ponte aérea, no metro
F#                   Bm
ouvindo Sampa no walkman 
E                    A G A B E G B
a walk on the wild side

D
este sou eu
na esquina, de novo
G/D                               D
tudo é tão novo quanto esta canção
G/D                         D
?será que alguém presta atenção?