segunda-feira, janeiro 03, 2011

Gildo Moreno

Gildo Moreno (Rotílio Antônio dos Santos), compositor e cantor, nasceu em Recife, PE, em 22/8/1916—. Despertou para a música ainda garoto, participando de festinhas, como cantor, no bairro onde cresceu.

Aos 22 anos de idade, ingressou na Rádio Clube de Pernambuco, participando também dos conjuntos Garotos da Luz e Jazz Acadêmico, ainda com o nome de Rotílio Santos.

Autodidata, sua primeira música gravada data de 1940, o frevo Comércio. Adotou então o nome artístico Gildo Moreno. Em 1945 teve dois frevos seus, Pitiguari e Eu vou cair no frevo, gravados pela Odeon, na voz de Gilberto Alves.

Em 1947 gravou com a Orquestra Fon-Fon o frevo-canção Você não pensou, em selo Odeon, que obteve muito sucesso. No Carnaval do ano seguinte, o cantor Deo lançou o frevo Sai palhaço, gravado pela Continental, e Carlos Galhardo gravou pela RCA Victor o frevo-canção Eu sou assim.

Em 1949, Carlos Galhardo gravou outro de seus sucessos, o frevo-canção Conhece Recife?, também pela RCA Victor.

Obra

Comércio, 1940; Conhece Recife?, frevo-canção, 1949; Eu quero aquilo, frevo-canção, 1977; Eu sou assim, frevo-canção, 1948; Eu vou cair no frevo, frevo, 1945; Pitiguari, frevo, 1945; Sai, palhaço, frevo, 1948; Show no Municipal, frevo-canção, 1964; Você não pensou, frevo, 1947.

Fonte: Enciclopédia da música Brasileira - Art Editora e Publifolha - 2a. Edição - 1998.