sexta-feira, dezembro 30, 2011

Todo menino é um rei

Todo menino é um rei (1978) - Nelson Rufino e Zé Luís - Intérprete: Roberto Ribeiro
Tom: F  
Introdução: F  Bb  C7  F  Bb  C7  F  
 
 C7                 F   Bb 
Todo menino é um rei....
               C7          F
    eu também já fui rei 
      Bb  C7         F
Mas quá.....despertei                   
C7                 F   Bb 
Todo menino é um rei....
                C7          F   
     eu também já fui rei   
      Bb  C7         F
Mas quá.....despertei   
       
 C7              F
....Por cima do mar....da ilusão
         C7
Eu naveguei.....só em vão
           F                     C7
Não encontrei, o amor que eu sonhei
           Bb          F
Nos meus tempos de menino
         Bb ^ ^ C7      F
Porém menino, sonha demais
   Bb              F
Menino sonha com coisas
              Bb ^  ^  ^ C7    F
Que a gente cresce e não vê jamais

Refrão

   C7            F                         Bb
A vida que eu sonhei, no tempo que eu era só
                    C7                    F
Nada mais do que menino, menino pensando só
                        F7              Bb
No reino do amanhã, na deusa do amor maior
     C7             F          Bb              C7
Nas caminhadas sem pedras, no gomo sem ter um nó..

Refrão

Sufoco

Sufoco (1978) - Chico da Silva e Antônio José - Interpretação: Alcione
Am         
Não sei se vou aturar,    
       Bm5-/7   E7     Am
   esses seus abusos
Am/G               Dm   G7
Não sei se vou suportar 
               C     Gm C7
   os seus absurdos
     A7    Dm    G7       C
Você vai embora, por aí afora
F7+           Bm5-/7      E7          A7       
Distribuindo sonhos, os carinhos que você me prometeu
          Dm     G7       C
Você me desama, depois reclama
F7+             Bm5-/7    E7
Quando os seus desejos já bem cansados
     A              Bm7  E7
Desagradam os meus

      A              A#º                  Bm7   
Não posso mais alimentar a esse amor tão louco, que sufoco
   E7                                    A
Eu sei que tenho mil razões até para deixar de lhe amar
                C#m7   Cº    Bm7 
Não, mas eu não quero agir assim meu louco amor
    E7                           A  A#º   Bm7  E7
Eu tenho mil razões para lhe perdoar por amar
    A              A#º                   Bm7
Não posso mais alimentar a esse amor tão louco, que sufoco
   E7                                    A
Eu sei que tenho mil razões até para deixar de lhe amar
                C#m7   Cº    Bm7
Não, mas eu não quero agir assim meu louco amor
    E7                            A
Eu tenho mil razões para lhe perdoa

Sossego

Sossego (1978) - Tim Maia
C7
Ora bolas, não me amole
Com esse papo, de emprego
C7
Não está vendo, não estou nessa
O que eu quero?
Sossego, eu quero sossego

C7
O que eu quero? Sossego (4x)

C7
Ora bolas, não me amole
Com esse papo, de emprego
C7
Não está vendo, não estou nessa
O que eu quero?
Sossego

C7
O que eu quero? Sossego (19x)