quinta-feira, setembro 26, 2013

A casinha de meu bem

Gastão Formenti
A casinha de meu bem (canção, 1928) - Joubert de Carvalho - Intérprete: Gastão Formenti, acompanhado por dois violões - Disco 78 rpm Odeon, Junho/1928-Setembro/1928 - Gênero musical: canção - Nº Álbum 10238 - Data de lançamento: Setembro 1928 - Lado A.



Em cima do morro tem uma casinha
É meu bem que mora lá
Que é pobrezinha, tem muita riqueza
De amor como não há...

A casinha que o meu bem mandou fazer
Lá no alto, p'ra ficar longe de mim...
(Não... não é assim...)
A casinha lá no morro
É p'ra esconder o nosso amor!

E quando anoitece naquele colina
Vem a luz, nosso luar
No entanto, ilumina mais que uma candeia
Fulgurar de um altar...

A casinha que o meu bem mandou fazer
Lá no alto, p'ra ficar longe de mim...
(Não... não é assim...)
A casinha lá no morro
É p'ra esconder o nosso amor!

Existe no mundo a felicidade
Que vagueia sempre ao léu
Onde ela mora é naquele ranchinho
Bem pertinho, lá no céu!

A casinha que o meu bem mandou fazer
Lá no alto, p'ra ficar longe de mim...
(Não... não é assim...)
A casinha lá no morro
É p'ra esconder o nosso amor!

A carícia de um beijo

O cantor Floriano Belham (foto) durante dois anos apresentou-se em espetáculos teatrais, até que começou a gravar na Victor em 1930. Por ser de estatura pequena, magro e ter voz infantil, passava por ter menos idade, saindo nos selos dos discos como “menino Floriano Belham”. Em 1931, lançou o fox-canção A carícia de um beijo (Joubert de Carvalho e Olegário Mariano).

A carícia de um beijo (fox-canção, 1931) - Joubert de Carvalho e Olegário Mariano - Intérprete: Floriano Belham - Disco 78 rpm Victor, 1930 - Gênero musical: fox - Nº Álbum 33448 - Data de lançamento: 1931 - Lado A.



Aquele que perdeu o amor na vida
Que penas mil sofreu e renunciou
Tem um consolo quando fica a reportar...

A carícia de um beijo
Me faz voltar à ilusão
E ter de novo a primavera
Dentro d'alma
E todo em flor o coração!...

E a voz que emudeceu nos seus ouvidos
Parece me falar do antigo bem
E reviver por um momento
O amor de alguém...

A carícia de um beijo
Me faz voltar à ilusão
E ter de novo a primavera
Dentro d'alma
E todo em flor o coração!...

A carícia de suas mãos

Sylvinha Mello
A carícia de suas mãos (valsa, 1935) - Joubert de Carvalho - Intérprete: Sylvinha Mello, acompanhada pela Orquestra Victor Brasileira - Disco 78 rpm Victor, 15/07/1935 - Gênero musical: valsa - Nº Álbum 33272 - Data de lançamento: setembro 1935 - Lado A.



A carícia de tuas mãos
No charminho
Me desperta como um beijo
Para a aventura de um desejo...

Eu desejo quase tudo e talvez mais
No amor isso é realidade
É uma esperança em todas ilusões
A se embalar nos corações...

E as tuas mãos nervosas
Muito brancas, mãos de neve
Passando sobre as minhas
Tocando-as bem de leve

Dá-me um alento interior
No desejo que vive
As mãos, as suas mãos
De amor...

Dá-me um alento interior
No desejo que vive
As mãos, as suas mãos
De amor...