segunda-feira, outubro 07, 2013

Sou boy

Sou boy (1982) - Agnaldo e Gaz - Intérprete: Magazine
Tom: C
   
C 
Acordo 7 horas tomo um ônibus lotado  
Entro 8 e meia chego sempre atrasado  
     F           C 
Sou boy, eu sou boy, 
      G    G#      C 
sou boy, boy, sou boy  
 
C 
Atento 8 e meia tenho que bater cartão  
Mal chego na firma tem serviço de montão  
     F           C       G     G#         C 
Sou boy, eu sou boy, sou boy, boy, eu sou boy 
 
C 
Ando pela rua pago conta pego fila  
Vou tirar xerox e batalho algumas pila  
     F           C       G     G#         C 
Sou boy, eu sou boy, sou boy, boy, eu sou boy  
 
  
   /  F 
   |  Na hora do almoço a minha fome é de leão  
 R |  C 
 E |  Abro a marmita e o que vejo... feijão!  
 F |  F 
 R |  Chega o fim do mês com toda aquela euforia  
 Ã |  G                                G# 
 O |  Todos ganham bem e eu aquela mixaria  
   |       F          C       G      G#         C 
   \  Sou boy, eu sou boy, sou boy, boy, eu sou boy 
 
C 
E logo chega a tarde tô com pressa de ir embora  
Meus pés estão doendo e meus calos tão pra fora  
     F          C        G     G#         C 
Sou boy, eu sou boy, sou boy, boy, eu sou boy 
 
C 
Bate 5 e meia seguem filas infinitas  
Ônibus lotado e cai da mala minha marmita  
     F          C        G     G#         C 
Sou boy, eu sou boy, sou boy, boy, eu sou boy  
 
REFRÃO 


Saúde

Saúde (1982) - Roberto de Carvalho e Rita Lee
Tom: A  

Intro: E4  E  E4  E  D4  D  D4  D

D            A
Me cansei de lero-lero
E                    A     G/B   Cº  A7/C#
   Dá licença mas eu vou sair do sério
D         A
Quero mais saúde
E                   D        A
   Me cansei de escutar opiniões
   E           E7      A7/4   A7
De como ter um mundo melhor
       D           D#º
Mas ninguém sai de cima
      A         F#
Nesse chove não molha
   Bm       C#m
Eu sei que agora
   D        C#7/4       F#m F#m7+ F#m7 Eb7/5- Dm7 F/G
Eu vou é cuidar mais de mim
A7+   F/G
F#7/4   E7/4
D         A
Como vai? Tudo bem
E                 A   G/B Cº    A7/C#
   Apesar contudo todavia mas porém
   D                    A
As águas vão rolar, não vou chorar
E                  D          A
   Se por acaso morrer do coração
E           E7     A7/4   A7
É sinal que amei demais
      D            D#º
Mas enquanto estou viva
A        F#
Cheia de graça
   Bm        C#m
Talvez ainda faça
   D        C#7/4   F#m F#m7+ F#m7 Eb7/5- Dm7 F/G
Um monte de gente feliz
A7+   F/G   A7+



Reluz

Reluz (1982) - Marcos Sabino
Tom: A  

A         A7+               D9     A  D
Brilha no céu de novo uma estrela
           D/E                 A
Soltando a luz que reluz teu olhar
         A7+               D9    A  D
Paira no tempo um sonho perdido
               D/E                   A    E
Que a gente só pensa em de novo encontrar
          D/E               A
Solto meu grito seu nome ao vento
                          E7
E fico voando no meu pensamento
                              A 
Te espero mais livre a cada manhã
           D/E               A
Cheiro uma flor de cravo e canela
                           E7 
E fico curtindo da minha janela
                        A
Teu corpo suave de hortelã


Periga ser


Periga ser (1982) - Robertinho do Recife e Fausto Nilo - Intérprete: Amelinha
Tom: A

A                   E
Alguma coisa quer voar
                     A
periga ser naquela usina
                        E
Novas estrelas vão brilhar, Luar luar
                         A
No azul que nunca se imagina
                  E
Pode o mundo fumaçar
                        A
Que o resto sai na gasolina
                       E
Se a lamparina se apagar, Luar luar
                     A  A7
A lua nova é uma menina
                      D   Bm
Periga ser na Conchichina
                       A   F#m
periga ser naquela esquina
        Bm
Um passarinho me ensinou
                    E7
Pensa mais no teu amor
                        A
Que o resto sai na gasolina
                      E
Deixa quem quiser sonhar
                         A
Deixa beijar quem te fascina
                       E
Todas meninas vão pra lá

Não sei dançar
                           A   A7
Mas se eu deixar você me ensina
                      D    Bm
Periga ser na Conchichina
                       A F#m
periga ser naquela esquina
           Bm   
Um passarinho me ensinou
                   E7
pensa mais no teu amor
                        A  A7
Que o resto sai na gasolina 
         D
Periga ser...

Olhos coloridos

Olhos coloridos (1982) - Macau
Tom: G#  

(intro 4x)  Fm7 Cm7 A#m7 Fm7

Fm7
Os meus olhos coloridos
               Cm7
Me fazem refletir
                    A#m7
Eu estou sempre na minha
                   Fm7
E não posso mais fugir

Meu cabelo enrolado
                 Cm7
Todos querem imitar
                    A#m7
Eles estão baratinados
                 Fm7
Também querem enrolar

Você ri da minha roupa
                  Cm7
Você ri do meu cabelo
               A#m7
Cê ri da minha pele
                  Fm7
Você ri do meu sorriso

A verdade é que você , todo brasileiro
             Cm7
Tem sangue crioulo
            A#m7
Tem cabelo duro
          Fm7
Sarará crioulo

(refrão)
        A#m7             Fm7
Sarará crioulo, sarará crioulo  (2x)

(intro 4x)  Fm7 Cm7 A#m7 Fm7
(repete tudo)
(repete refrão 4x - seguido de back vocals)