quarta-feira, dezembro 06, 2006

No Jardim de Oeira

No Jardim de Oeira (ponto ritual, 1948) - Waldemar Henrique

No Jardim de Oeira
Onde eu me criei
Lá tinha uma rosa
Nela eu me encantei
Aruê de minha São Benedito
Na coroa de anjo
Tem congá
Auê, auê, auá
Na coroa de anjo
Tem congá