sábado, março 15, 2008

Neusa

Orlando Silva
Neusa (valsa, 1938) - Antônio Caldas e Celso Figueiredo

Disco 78 rpm / Título: Neusa / Autoria: Caldas, Antonio (Compositor) / Figueiredo, Celso de (Compositor) / Orlando Silva (Intérprete) / Orquestra Victor Brasileira (Acompanhante) / Imprenta [S.l.]: RCA Victor, 28/03/1938 / Nº Álbum 34308 / Lado B / Gênero: Valsa


Há na luz clara e tranquila do luar
Um poema em louvor ao teu olhar
Por que a própria natureza
Se enleva em tua graça
Canta a tua beleza

És como a flor mimosa da campina

Que sutil aurora beija e ilumina
Neusa, também em teu louvor
Eu canto esta valsa de amor

Tens no teu ser a unção deste luar
A tua boca, ao sorrir
Mostra pérolas, roubadas ao mar
Na minha vida sejas tu o meu fanal
Para a gloria deste meu viver, meu amor
Hás de ser a alegria querida...

Juro

J. B. de Carvalho
Juro (samba/carnaval, 1938) - Haroldo Lobo e Mílton de Oliveira

Disco 78 rpm / Título da música: Juro / Autoria: Lobo, Haroldo (Compositor) / Oliveira, Milton de, 1919-1986 (Compositor) / J. B. de Carvalho, 1901-1979 (Intérprete) / Imprenta [S.l.]: Victor, 1937 / Nº Álbum 34243 / Lado B / Gênero musical: Samba


Juro
Nunca mais tive alegria
Depois daquele dia
Que te abandonei
Quando eu me vi sozinho
Tão distante do teu carinho
Chorei
Eu te juro que chorei

Eu não sabia

Que ia sofrer tanto assim
Ela gostava de mim
Eu sabia e não liguei
Ela não quer mais me ver
Nem quer me perdoar
Eu me contento em chorar
Pois sorrir nem sei

Juro
Nunca mais tive alegria
Depois daquele dia
Que te abandonei
Quando eu me vi sozinho
Tão distante do teu carinho
Chorei
Eu te juro que chorei

Jardim de flores raras

Roberto Paiva
Jardim de flores raras (valsa, 1938) - Romualdo Peixoto (Nonô) e Francisco Matoso

Disco 78 rpm / Título: Jardim de flores raras / Autoria: Matoso, Francisco (Compositor) / Nonô (Compositor) / Roberto Paiva (Intérprete) / Imprenta [S.l.]: Odeon, 1938 / Nº Álbum 11655 / Lado B / Gênero: Valsa


Era um jardim de flores muito raras
A espalhar fragrância de essências caras
E eram lindas elas
Tulipas amarelas
As rosas, vindas do Ceilão
Orquídeas de exposição
Ante a graça dos mais lindos Crisântemos

A felicidade um dia nós tivemos
Num cenário multicor
Nasceu um grande amor
Mas que durou a vida de uma flor.

E, quando anoitece, vagarosamente
Aumentando a dor de um coração que sente
E as rosas balançando ao luar
Eram como que fantasmas a errar
E ao amanhecer de um dia radiante
No jardim o orvalho era cintilante
Só no meu amor
Murcho, sem fulgor
Orvalho que encontrei
Foi o pranto que chorei.

História de amor

Orlando Silva
História de amor (samba-canção, 1938) - J. Cascata e Humberto Porto

Disco 78 rpm / Título da música: História de amor / Autoria: Porto, Humberto, 1929- (Compositor) / Cascata, J, 1912-1961 (Compositor) / Orlando Silva (Intérprete) / Orquestra (Acompanhante) / Imprenta [S.l.]: RCA Victor, 17/03/1938 / Nº Álbum 34305 / Lado B / Lançamento Março/1938 / Gênero musical: Samba canção


Quanta saudade existe
Na melodia triste
De um samba-canção
Desses que nascem
Em noite de lua
No silêncio vago da rua
Como um sussurro de oração.


O samba é bem uma história de amor
De um trovador
Em serenata
Que a sua dor consola
Nas cordas de uma viola
Quando a saudade o maltrata.

Eu sinto vontade de chorar

Orlando Silva
Eu sinto vontade de chorar (samba, 1938) - Valdemar de Abreu (Dunga)

Disco 78 rpm / Título da música: Eu sinto vontade de chorar / Autoria: Abreu, Valdemar de (Compositor) / Orlando Silva (Intérprete) / Orquestra Carlos Swingtette (Acompanhante) / Gnattali, Radamés (Acompanhante) / Orquestra (Acompanhante) / Imprenta [S.l.]: Victor, 1938 / Nº Álbum 34354 / Lado B / Gênero musical: Samba canção


Eu sinto uma vontade de chorar
Você não é a mesma mulher
Meu coração reclama
Você já não me ama
Tem um outro amor qualquer


Por mais que seja o seu novo amor
Ao meu, não poderá se comparar
Eu peço, por favor
Pra você me confessar
Que ainda não tem outro em meu lugar