quinta-feira, janeiro 04, 2007

Porto Solidão

Jessé

Porto Solidão (1980) - Zeca Bahia e Gincko
Tom: Am
        Am                           A7    Dm
Se um veleiro repousasse na palma da minha mão
E4/7
Sopraria com sentimento e deixaria seguir sempre
E7         A7            Dm
Rumo ao meu coração, meu coração
Bm7/5-       Am                    Am/G
A calma de um mar que guarda tamanhos segredos
B7/F#   F7/5-  E7        Am
De versos naufragados e sem tempo
 A7              Dm    G/B                  C  G/B
Rimas de ventos e velas, vida que vem e que vai
Am            Bm7/5-
A solidão que fica e entra
E7                Am
Me arremessando contra o cais