terça-feira, setembro 04, 2007

Ednardo

Ednardo (José Ednardo Soares Costa Sousa), compositor e cantor, nasceu em Fortaleza-CE em 17/4/1945. Dos dez aos 15 anos estudou piano com professores particulares e aos 23 começou a prender violão como autodidata. No ano seguinte, 1969, juntou-se a grupo de jovens músicos conhecidos como Pessoal do Ceará.

Formou-se em química pela Universidade Federal do Ceará e viajou para o Sul do país, onde lançou, em 1972, seu primeiro disco compacto como compositor, com a música Beira-mar, em gravação de Eliana Pittman, na Odeon.

Seus principais parceiros são Augusto Pontes, Brandão, Fausto Nilo, Tânia Cabral e Climério. Em 1973 gravou, com Rodger e Téti, sob o nome de Pessoal do Ceará, na Continental, o LP Meu corpo minha embalagem todo gastona viagem, seguido de O romance do pavão misterioso, em 1974. Em janeiro de 1975 participou do festival Abertura com a música Valia (com Brandão).

Seu maior sucesso foi Pavão misterioso, música baseada na literatura de cordel, incluída em 1976 na trilha da novela "Saramandaia", da TV Globo.

Obras:

Água grande (c/Augusto Pontes), 1974; Carneiro (c/Augusto Pontes), baião, 1974; Ingazeiras, 1972; Pavão misterioso, 1974; Terral, 1972; Valia (dBrandão), valsa, 1975.