segunda-feira, janeiro 21, 2008

Poema do adeus




Miltinho
Poema do Adeus (samba-canção, 1961) - Luís Antônio - Intérprete: Miltinho

E então eu fiz um bem
Dos males que passei
Fiz do amor uma saudade de você
E nunca mais amei
Deixei nos olhos teus
Meu último olhar
E ao bem do amor
Eu disse adeus

Caminho o meu caminho
E nos lugares que passei
As pedras do caminho
São o pranto que chorei
Escondo em minhas mãos
Carinhos que eram teus
E guardo tua voz
No poema do adeus



Nenhum comentário:

Postar um comentário