sexta-feira, fevereiro 29, 2008

Tormento

Francisco Alves
Tormento (canção, 1931) - Francisco Alves e Luiz Iglésias

Disco 78 rpm / Título da música: Tormento / Autoria: Alves, Francisco (Compositor) / Iglésias, Luiz (Compositor) / Alves, Francisco (Intérprete) / Luperce (Acompanhante) / Tute (Acompanhante) / Imprenta [S.l.]: Odeon, 1931 / Álbum 10825 / Gênero: Canção


Mulher
O teu amor maltrata tanto
Que às vezes
Quando a rir doido me ponho
O riso se transforma como um sonho
Em lágrimas sem fim
De um longo pranto


Por isso
Quantas vezes nas noitadas
Escondo sob a face
O riso e a graça
Pois temo que o meu riso se desfaça
Em lágrimas febris e angustiadas

Mas este amor penoso e torturado
Com cheiro de tristezas, prantos e ais
Me faz cada vez mais apaixonado
De ter que a mulher cada vez mais

Me sinto numa orgia turbulenta
A luz do cabaré e a alma ferida
Pois tenho nos meus olhos refletida
A imagem da mulher que me atormenta

Se busco na champagne embriagado
O bálsamo sutil
Do esquecimento
Na taça vejo sempre
Que tormento
Aquele rosto em forma retratado