segunda-feira, agosto 04, 2008

Blues Etílicos


Grupo carioca formado em 1985 por Flávio Guimarães (Rio de Janeiro RJ 1963—), gaita; Otávio Rocha (Rio de Janeiro 1963—), guitarra; Cláudio Bedram (Rio de Janeiro 1963—), contrabaixo; Rodolpho Rebuzzi (Rio de Janeiro 1963—), guitarra; e Bernard Chnistian (Rio de Janeiro 1963—), bateria. Seguindo a linha da fusão do rock com o blues, a banda serviu de modelo para grupos como Blue Jeans e Big Allanbik.

Em 1987, o grupo passou a incluir o guitarrista e vocalista Greg Wilson (Tupelo, Mississippi, EUA 1963—) e o baterista Gil Eduardo (Rio de Janeiro 1963—). Lançaram pela etiqueta carioca independente Satisfaction, em 1988, seu primeiro LP, Blues Etiicos, um dos primeiros discos brasileiros de bluesrock, cuja tiragem inicial de mil cópias se esgotou rapidamente (reeditado em CD no selo Velas em 1996).

Outros discos do grupo incluem Água mineral (1989, Eldorado), San-Ho-Zay (1990, Eldorado), Blues Etílicos IV (1991, Eldorado), Salamandra (1994, Natasha) e o CD Dente de ouro (1996, Excelente Discos).

Entre seus sucessos está Safra de 63, composição do grupo que se refere ao fato de todos os integrantes iniciais terem nascido no Rio de Janeiro em 1963. Flávio Guimarães, que foi aluno de Maurício Einhorn, é um dos raros gaitistas brasileiros de blues e lançou, em 1995, um CD solo que inclui regravações de Take Five (Paul Desmond) e Na Baixa do Sapateiro (Ary Barroso).

CD

Salamandra, 1994, Sony 289106-2.

Fonte: Enciclopédia da Música Brasileira - São Paulo, Art Editora e PubliFolha, 1998.