terça-feira, setembro 14, 2010

Serenata de amor

Serenata de amor (romança, 1904) - Patápio Silva

Patápio Silva estudando dez horas por dia no Instituto Nacional de Música, formou-se em 1903, recebendo medalha de ouro e o primeiro prêmio nesse Instituto.

Contratado por Fred Figner gravou na Odeon (Casa Edison) de 1904 a 1906, interpretando peças como Noturno n° 1 e Noturno n° 2, de Fréderic Chopin (1810-1849), Serenata, de Franz Schubert (1797-1828), Serenata oriental (Ernesto Kõhler), Allegro (Terschak), a polca Só para moer (Viriato) e, de sua autoria, a valsa Primeiro amor , Variações de flauta (Fantasia de concerto), Margarida, Sonho, Serenata d'amore, Amor perdido e Zinha.

Em seguida a gravação da romança Serenata d'amore, ou melhor, Serenata de amor, pela Casa Edison, gravadora Odeon, álbum número 40244, gravada / lançada em 1904 / 1907: