sábado, junho 15, 2013

Ailton Rios

Ailton Rios nasceu em 15/11/1962 na cidade de São Paulo, SP. É músico (gaita, flauta doce, viola caipira, violão canto) e professor de música (teoria, harmonia e percepção musical).

Começou seus estudos em Gaita no início dos anos 1990, e em 1994/95, integrou a Orquestra Paulista de Gaitas. Na mesma época, fundou a banda de blues acústico Guiriô Blues, que durou de 1996 a 1999.

Em 1999, iniciou-se em flauta doce e, dois anos depois, em viola caipira, tendo se formado no atual Centro de Estudos Musicais Tom Jobim, em São Paulo (SP).

Ainda em 1999, participou, tocando gaita, da gravação de três CDs: Luz Além, de Guru Martins; Sem Perder a Ternura Jamais, de Tede Silva; e no CD Tributo a Júnior Wells.

Em 2001, integrou-se à Orquestra Paulistana de Viola Caipira, com a qual gravou três CDs (em 2002, 2008 e 2009), e dois DVDs (em 2005 e 2009). Entre 2001 e 2002, produziu e participou do "Interação Gaita-Expo Harmônica Show" com a Hering Harmônicas.

Em 2002, fundou a banda "Balaio Urbano", que unia viola caipira ao blues. Com o grupo, percorreu a capital e o interior do estado de São Paulo, tendo feito apresentações em teatros, clubes, bares e escolas.

Em 2006, 2008 e 2009, produziu e participou dos, respectivamente, I, II e III "Gaita Fest" (Encontro de Gaitistas).

Dedica-se ao ensino de música desde 1994, em conservatórios e escolas de música, e organiza Workshops e aulas abertas de gaita, flauta doce e viola caipira, além de desenvolver projetos relacionados à música, junto à órgãos governamentais, como Ministério da Educação, Ministério da Cultura e Secretarias Estadual e Municipal de Cultura de São Paulo, além de trabalhos  junto à instituições privadas, como SESC/SP, Faculdade de Belas Artes, Faculdade Maria Montessori, e Faculdades Ipiranga.

Como professor e músico mantêm intensa atuação em promover a música brasileira.

______________________________________________________________________
Fontes: Dicionário Cravo Albin da MPB; Violeiros do Brasil - Release: Ailton Rios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário