quarta-feira, junho 19, 2013

Dedé

Dedé (Victor André Barcelos), clarinetista, saxofonista e compositor, nasceu em Magé, RJ, em 30/11/1905, e faleceu no Rio de Janeiro, RJ, em 1961. Começou a estudar música com o irmão, F. Columbiano. Serviu na antiga Escola de Aviação Militar e depois no II Regimento de Infantaria.

Atuou em grandes orquestras na chamada "Época de Ouro" da música popular brasileira. Em 1927, ingressou como clarinetista na orquestra American Jazz, de Sílvio de Sousa. Dois anos depois, foi convidado por Simon Boutman para tocar na Orquestra Pan-americana, da Odeon.

Em 1930, teve seu samba Corpo sadio lançado no carnaval por Francisco Alves. Em 1932, gravou seu primeiro disco solo (clarinete e saxofone) pela Victor, interpretando os choros Adalgisa e Adelaide, ambos de sua autoria. Em 1934, gravou ao saxofone, também de sua autoria, o choro Zuzu e seu corpo e a valsa Haidé.

Foi chefe da Orquestra Dancing Avenida, no Rio de Janeiro e trabalhou nas Rádios Cruzeiro do Sul, Mayrink Veiga, Nacional e Tupi.

Em 1955, gravou com seu conjunto pela gravadora Mocambo os choros Dá-lhe Jorginho e Sacarrolha, ambos de sua autoria. No mesmo ano, gravou na Sinter ao clarinete, acompanhado por seu conjunto, os choros A chupeta do Paulinho e O chapeuzinho de Norma, os dois de sua autoria.

Para que melhor se avalie o talento desse músico, Ary Barroso, em 19 de outubro de 1955, declarou para O Jornal que, se quisesse organizar uma orquestra, chamaria vários instrumentistas preferidos seus, entre eles, o saxofonista Dedé.

Obras


A chupeta do Paulinho, Adalgisa, Adelaide, Corpo sadio, Dá-lhe Jorginho, Haidé, O chapeuzinho de Norma, Sacarrolha, Zuzu e seu corpo.

Playlist





Discografia


1932 Adalgisa/Adelaide • Victor • 78
1934 Zuzu e seu corpo/Haidê • Victor • 78
1955 Dá-lhe Jorginho/Sacarrolha • Mocambo • 78
1955 A chupeta do Paulinho/O chapeuzinho de Norma • Sinter • 78

________________________________________________________________
Fonte: Dicionário Cravo Albin da MPB.