quinta-feira, junho 13, 2013

Dupla Ouro e Prata


Havia em 1945 no Bom Retiro, em São Paulo, um grupo vocal - instrumental chamado "Bando do Sereno". Os rapazes eram amadores, porém ganhavam vários prêmios em Horas de Calouros. No Natal daquele ano, o conjunto se desfez. Um dos vocalistas, o pandeirista Miguel Ângelo Roggieri, havia prometido a uma garota que o grupo iria tocar em sua festa. A solução que encontrou foi propor a um dos violonistas do conjunto, o seu amigo Renato, que comparecessem somente os dois (violão e pandeiro).

A dupla agradou em cheio. Entusiasmados, inscreveram-se no programa de calouros "A hora do gato” com o nome "Dupla R" (Roggieri e Renato); ganharam o prêmio. O diretor da Rádio Bandeirantes, José Nicolini resolveu contratá-los.

Posteriormente, ocorreu a troca de um dos integrantes, o Renato, pelo outro violonista (e crooner) do Bando do Sereno, Rubião de Oliveira. Em uma das apresentações, o animador Vicente Leporace, que não gostava do nome "Dupla R”, sugeriu a troca. Num improviso anunciou: "Com vocês, a grande Dupla Ouro e Prata!", nome que ficou.

Ao encerrar o contrato com a Rádio Bandeirantes, foram para a Rádio Tupi e, posteriormente, para a Rádio Record, quando começaram a gravar discos pela "Continental". No Carnaval de 1949 foram campeões com o samba Bebo de José Roy e Vitor Simon. Porém a vitória no carnaval foi acompanhada da morte de Rubião de Oliveira, no sábado de Aleluia de 1949, aos 23 anos de idade.

Um amigo comum apresentou Oswaldo Cruz a Miguel. O rapaz pertencia a outro conjunto amador - "Príncipes da Vila". A nova dupla “Ouro e Prata” lançou, em 1950, um 78 RPM com dois clássicos: Lá vem a baiana, de Dorival Caymmi e Copacabana, de Braguinha e Alberto Ribeiro.

Gravaram vários discos até 1963, quando a dupla foi desfeita, com Miguel iniciando carreira-solo, gravando com o nome Miguel Ângelo a música Quatro Paredes.  Oswaldo Cruz, a convite do Compositor Lúcio Cardim, passou a cantar em sua casa noturna, iniciando um trabalho na vida noturna que duraram dez anos.

 ( Texto adaptado de http://www.duplaouroeprata.com.br/ )

Playlist





1 - A mulher que o trem matou; 2 - Adeus Marapé; 3 - Balanceio; 4 - Capote de pobre é cachaça; 5 - O casamento e o frango; 6 - Ô diacho!; 7 - O guarda e o motorista; 8 - Time perna de pau; 9 - Xote do tintureiro.

_____________________________________________________
Fonte: