domingo, setembro 22, 2013

Vem comigo

Francisco Alves 1929
O jornalista e compositor carnavalesco João de Wilton Morgado, o popular João da Gente, membro da comissão de frente do Clube dos Democráticos, foi durante muitos anos chefe político do Segundo distrito eleitoral, tendo organizado muitos comícios e passeatas com carros alegóricos.

Compôs dezenas de sambas e marchas carnavalescas, como a marcha Deixa ela e os sambas Olá (gravado por Fernando, na Odeon, em 1925) e Vem comigo, este, campeão do Carnaval de 1929, gravado por Francisco Alves e muito cantado na Festa da Penha.

Vem comigo (samba, 1929) - João da Gente (música) e Mamede (letra) - Intérprete: Francisco Alves, acompanhado pela Simão Nacional Orquestra - Disco 78 rpm selo Parlophon, 1928 - Gênero musical: samba / samba da penha - Nº Álbum 12854 - Data de lançamento: 1928 - Lado B. Letra transcrita ipsis litteris do Jornal Diário Carioca, de 10/02/1929.



Côro

Mulher! Mulher!
Por que razão         Bis
O meu amor
Você não quer?

Sólo

Oh! vem commigo
venha ser o meu amor...
Eu sou do samba
mas, sou bom trabalhador.
Essa mulher
a vida della é chorar...
Porque a fizeram
da Favella se mudar.

Côro

Mulher! Mulher!
Por que razão         Bis
O meu amor
Você não quer?

Sólo

Da malandragem
eu não quero mais saber...
Eu quero é nota
e carinho p'ra viver.
Oh! meu bemzinho
Só comtigo vou morar...
Numa casinha
lá na "Linha Auxiliar".

Nenhum comentário:

Postar um comentário