quarta-feira, dezembro 13, 2006

Xica da Silva

Xica da Silva (1976) - Jorge Ben Jor
Intro: Gm F
        (Gm  F)
Refrão: Xica da, Xica da
Xica da Silva
a negra(2x)
Verso 1:
Xica da silva a nega, a negra,
de escrava amante mulher,
mulher, do fical do tratador
João fernandes, ai ai ai
Refrão
Verso 2:
A imperatriz do Tijuco, a dona de Diamantina,
morava com a sua corte cercada de belas mucamas,
num castelo na chacára da palha
de arquitetura sólida e requintada,
onde tinha até um lago artificial
e uma luxuosa galera
que seu amor João Fernandes o tratador
mandou fazer só para ela
ai ai ai
Refrão
Verso 3:
Muito rica e invejada, temida e odiada,
pois com as suas perucas
cada uma de uma cor, jóias, roupas, exóticas
das índias, Lisboa e Paris
a negra era obrigada, a ser recebida
como uma grande senhora
da corte do rei Luís
da corte do rei Luís
ai ai ai ai ai
Refrão