quinta-feira, março 29, 2007

Careca, sem dente e pelado

Careca, sem dente e pelado - Sílvio Brito e Joel Soares
INTRO:        
D#5  D5
G13* D9 Em7 D9 C9 D9 A7(11) D9
G5, D5, E5, D5
G5, D5, E5, D5
     G13                               
Eu estava lá no céu                    
D9                                 
tranquilo a meditar                     
C                                      
De repente um anjo                     
D9
começou a me falar
G13               D9
Chegou a sua vez, já sei o que você quer:
C                      D9
Um carro, uma casa, muita grana e uma mulher
G13                D9
É fácil resolver, já sei pra aonde irá
C                      D9
a Terra é um planeta que você vai adorar,
D9     
Ah ah ah(Ah ah ah)
G                       D
Nossa! Que planeta engraçado
Em                   Bm
onde já se nasce enrolado
C                  G
Meio de cabeça pra baixo e agachado
A9                  D
Careca, sem dente e pelado
G                       D
Nossa! Que planeta engraçado
Em                   Bm
onde já se nasce enrolado
C                   G
Meio de cabeça pra baixo e agachado
A9        D         G      D9
Careca, sem dente e pelado
  G13                      D9
Entrei num corpo e vim, nascer neste lugar  
C                    D9
e desde muito cedo comecei a trabalhar
G13                 D9
Então eu percebi, não tive muita sorte
C                            D9
o homem quer ter tudo, este planeta está de morte
G13                        D9
O carro que eu comprei, tive que financiar
C                  D9               D9        
E a casa onde moro, eu tive que alugar, Ah ah ah(Ah ah ah)

G                       D
Nossa! Que planeta engraçado
Em                   Bm
onde já se nasce enrolado
C                  G
Meio de cabeça pra baixo e agachado
A9                  D
Careca, sem dente e pelado

G                       D
Nossa! Que planeta engraçado
Em                   Bm
onde já se nasce enrolado
C                  G
Meio de cabeça pra baixo e agachado
A9        D         G      D9
Careca, sem dente e pelado

G13
Num sonho então o anjo                  
D9
voltou a me falar
C9                     D9
Que havia só um jeito de pro céu poder voltar
G13                   D9
Era parar de reclamar e começar a trabalhar
C9                    D9               
Construir aqui na Terra toda paz que eu tinha lá
G13                  D9
Porque se agente faz, a parte que nos cabe
C                      D9                  D9        
A paz, o amor, e o céu estão em toda parte!  Ah ah ah(Ah ah ah)

G                      D
Nossa que planeta engraçado
Em                   Bm
onde já se nasce enrolado
C                  G
Meio de cabeça pra baixo e agachado
A9        D       (solo)**        G13
Careca, sem dente e   endividado. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário