sábado, setembro 08, 2007

Chorando pela natureza

P. C. Pinheiro
Chorando pela natureza - João Nogueira e Paulo César Pinheiro

A natureza está clamando
De tanto lutar não resistiu
E a poesia está chorando
Sobre o corpo do Brasil!

As matas sumindo da nossa bandeira
O ouro cruzando as fronteiras do mar
O azul é só poeira
O branco em guerra está
E o nosso índio tombou
Pouca gente lutou
Pela sua defesa
E o canto dos pássaros se calou
E o leito dos rios secou
O país todo é uma tristeza
E poeta que sou
Num canto de dor
Eu choro pela natureza