segunda-feira, fevereiro 18, 2008

O boi no telhado

O boi no telhado (tango, 1918) - Zé Boiadero (José Monteiro) - Interpretação: Banda do Batalhão Naval



Vem mulata ter comigo
Vamos ver o Carnaval
Eu quero gozar contigo
Esta festa sem rival.

Vem cá, vem cá, vem cá
meu bem.
Como eu não há
ninguém.

Pula, pula, perereca
E segura esta boneca [bis]
Vem cá, vem cá, vem cá [bis]
Olá

Segura o cabrito [bis]
O boi é bem manso [bis]
Mulata cutuba [bis]
Aguenta o balanço [bis]