sexta-feira, outubro 15, 2010

Mirandela

Mirandela (Boabdil Miranda Varejão), cantor, compositor e letrista, nasceu no Rio de Janeiro-RJ em 1887 e faleceu na mesma cidade em 18/02/1947. Foi amigo de João Pernambuco e de Paulo Bittencourt, proprietário do jornal carioca Correio da Manhã.

Fez sucesso no carnaval de 1919 com o samba-carnavalesco A rolinha do sertão (Assim é que é), parceria com J. Resende, gravado pelo cantor Bahiano na Odeon. No ano seguinte, compôs com China a letra do samba-carnavalesco Você me acaba com melodia de Donga, gravado na Odeon pelo cantor Bahiano.

Em 1929, gravou pela Victor dois monólogos, Martírio violento, de Apporeli e A causa do mô nome, de sua autoria. No final do mesmo ano gravou um segundo disco lançado no ano seguinte no qual interpretou os fados A melhor das três, de sua autoria e Quadras populares, tema popular com arranjos seus.

Obra

A causa do mô nome, A rolinha do sertão (Assim é que é) (c/ J. Resende), Você me acaba (c/ China e Donga).


Fonte: Enciclopédia da Música Popular - Art Editora e Publifolha