segunda-feira, agosto 01, 2011

Mutinho

Mutinho (Lupicínio Moraes Rodrigues), baterista e compositor, nascido em Porto Alegre em 4 de fevereiro de 1941, é sobrinho do famoso compositor Lupicínio Rodrigues. Compôs inúmeras canções e teve importantes parceiros como Vinícius de Moraes e Toquinho.

Em 1968 ocorreu sua primeira apresentação internacional em Buenos Aires. Em seguida, foi para o Rio de Janeiro convidado pela pianista Tânia Maria, famosa nos Estados Unidos, onde reside até hoje, para tocar em São Paulo na Catedral do Samba. Posteriormente formou um grupo musical com  o guitarrista Macumbinha e passaram a acompanhar artistas como: Elis Regina, Pery Ribeiro, Leny Andrade e outros.

No término de 1972, foi convidado para acompanhar Vinícius de Moraes e Toquinho, junto com o Quarteto em Cy, no Segundo Circuito Universitário no Rio de Janeiro.

Acompanhando Vinícius e Toquinho, apresentou-se no Uruguai, Argentina, Equador, México e Venezuela. Em 1976 em turnê pela Europa, ao lado de Vinícius, Toquinho e Maria Creuza, apresentou-se no Olympia de Paris e no Sistina de Roma.

Em 1977, acompanhou as estrelas Tom Jobim, Vinícius, Toquinho e Miúcha em temporada de 8 meses no Canecão, Rio de Janeiro. Em razão do sucesso o espetáculo estendeu-se para outros países: Argentina (Buenos Aires); França (Paris); Itália (Roma, Milão, Firenze) chegando até ao oriente médio.

Foram feitas outras turnês pelos países da Europa, pelas Américas e Oriente, sendo que no Japão gravaram discos com Sadao Watanabe.

Após o falecimento de Vinícius de Moraes, Mutinho acompanhou Toquinho até 1996.

Como compositor foi reverenciado muitas vezes por Tom Jobim, que fazia questão de mostrar a todos o "baterista compositor" com suas belíssimas composições. Começou a compor desde cedo, sendo algumas de suas canções já tocadas pelo grupo Canta Povo, que ajudou a criar em 1966 em Porto Alegre.

Da amizade com Macumbinha nasceram: Escadaria e Razão bonita de viver.

Durante o Circuito Universitário, quando procurava Vini­cius de Moraes para propor uma parceria, no Hotel em que estavam hospedados em Ribeirão Preto, SP, foi interpelado por Toquinho, que ouvindo a melodia interessou-se em fazer uma letra em homenagem ao velho poetinha. Como o mesmo estava curtindo uma nova paixão, dedicaram-lhe o grande sucesso Turbilhão, que se tornou o carro chefe do Disco das mãos, de Vinicius e Toquinho em 1975.

Outro grande sucesso, Escravo da alegria, foi composto juntamente com Toquinho. Inspiração para a música foi uma frase de caminhão que dizia: "Se o amor é fantasia, eu me encontro em pleno carnaval"

Em 1983, Mutinho é convidado por Toquinho para compor Casa de brinquedos, tendo participado de quase todas canções.

Em 1984 a dupla compõe Ao que vai chegar. Com letra de Toquinho, a música homenageia Pedro, o primogênito de Toquinho, que nasceria naquele ano.

Em 1997 Mutinho presenteia Toquinho, pelo nascimento de sua filha, com Canção para Jade . Tendo letra de Sergio Iódice foi Gravada em 1997 em italiano com o título Set Innamorerai.

Algumas obras

Turbilhão (com Toquinho), Escravo da alegria (com Toquinho), Na terra, no céu ou no mar (com Toquinho e Luiz Alves), Oi lá (com Toquinho), O caderno (com Toquinho), A bola (com Toquinho), Até rolar pelo chão (com Vinicius de Moraes), Valsa dos músicos (com Vinicius de Moraes), Na escadaria (com Macumbinha).

Fonte: Wikipédia.