sábado, outubro 01, 2011

Esta noite me embriago

Nelson Gonçalves
Esta noite me embriago (Esta noche me emborracho - tango, 1955) - E. S. Discépolo / Versão de Lourival Faissal

Título da música: Esta noite me embriago / Autoria: Discepolo (Compositor) / Faissal, Lourival, 1922- (Compositor) / Nelson Gonçalves, 1919-1998 (Intérprete) / : Rca victor, 1955 / Gênero musical: Tango / Nº Álbum: 801517 / Dt. lançamento: 1955 / Lado B / Disco 78 rpm.



Tom:  D 

	    
   D        D5+          D6 
 Triste, sozinha, desprezada, 
    D5+          D 
 A vi esta madrugada 
   D5+           A7   A7/4 
 Sair de um cabaré 
   A7        Em7         A7 
 Fraca, mostrando que a sorte, 
        Em7         A7 
 Destruiu todo seu porte 
   Em7        D   D5+  D6 
 Sem lhe dar vez, 
   D        D5+        D6 
 Magra, vestida sem aprumo, 
   D5+         B7             Em   Em7M   Em7 
 A exibir sem rumo,    sua nudez, 
    A7              A7/4   D 
 Parecia  um quadro sem valor, 
      B7          Em       A7          D   D5+   D6 
 Mostrando sem pudor, seu corpo sem calor 
  A7              A7/4      D  B7            Em 
 Eu que a tudo sempre resisti, ao vê-la assim, fugi, 
      A7     D   F#7 
 Pra não chorar. 
 
       Bm               Bm7M  Bm7 
 E pensar que há alguns anos, 
  F#7          Bm   Bm7M  Bm7 
 foi minha loucura, 
   D                     A7  A7/4  A7 
 Que levou-me até a traição, 
           D    D5+   D6 
 Sua formosura 
 F#7                    Bm                    F#7 
 Isso que hoje é um cascalho, foi a doce criatura, 
                        Bm 
 Que me fez chorar de amor, 
 A7                  A7/4       A7            A7/4 
 E perdi honra e nobreza, envolvido em tal beleza 
         A7        D     F#7 
 Me fiz mau e pecador, 
       Bm               Bm7M   Bm7 
 E fiquei sem um amigo 
      A7            D   D5+   D6 
 Que vive só e sem fé, 
 Em              Bm 
 Que me teve de joelhos 
       Bm/A               F#7 
 Sem moral,  feito um mendigo, 
            Bm  A7 
 Quando se foi. 
 
  D         D5+         D6 
(Nunca, pensei que a veria 
     D5+         D 
 Perdida, abandonada 
  D5+               A7   A7/4 
 Como hoje a encontrei. 
  A7          Em7         A7 
 Veja, se não é pra suicidar-se, 
         Em7          A7 
 Que por esse trapo inútil, 
  Em7        D   D5+  D6 
 Seja o que sou... 
  D        D5+            D6 
 Fôra, vingança cruel do tempo, 
     D5+             B7 
 Que nos faz ver desfeito, 
            Em  Em7M  Em7 
 O que se amou,) 
  
      A7              A7/4   D 
 Esse encontro me fez tanto mal, 
      B7            Em 
 Que só por me lembrar 
     A7          D   D5+   D6 
 Me sinto envenenar, 
   A7              A7/4      D   B7 
 Esta noite eu me embriago sim, 
           Em 
 Eu bebo até o fim, 
      A7     D   A7   D 
 Pra não pensar... 

Nenhum comentário:

Postar um comentário