terça-feira, março 19, 2013

Almir Bezerra

Almir Bezerra (Almir Ferreira Bezerra), cantor, compositor e instrumentista (guitarrista), nasceu em Recife PE, em 1945. Em 1964 foi um dos criadores do conjunto The Fevers, que alcançou grandes sucessos no movimento Jovem Guarda. Em 1969 teve sua primeira composição gravada pelos Fevers, Ela.

No ano seguinte foi a vez de Esse mundo louco e Você morreu pra mim, parceria com Miguel e Rossini Pinto. Entre outras músicas de sua autoria gravadas pelo conjunto The Fevers estão O amor é a razão, O tempo vai passar e Não quero te perder.

Em 1982 lançou seu primeiro disco solo, Ainda existe amor, com entre outras, Enquanto eu viver e Uma carta, parcerias com Rossini Pinto e Anjo da noite, de Paulo Massadas, Michael Sullivan e Rossini Pinto.

Em 1983 lançou o LP Bate forte no peito, com duas parcerias com Rossini Pinto, Só o seu cafuné e A saudade que ficou, além de Velejar, de Fernando Augusto e Antônio Damasceno, entre outras.

Em 1986 lançou o LP Ritmos do coração no qual interpretou diversos clássicos da música romântica brasileira, entre as quais, Apelo, de Baden Powell e Vinícius de Moraes, A noite do meu bem, de Dolores Duran, Vingança, de Lupicínio Rodrigues e Fracasso, de Mário Lago. No ano seguinte gravou Ritmo do coração volume II, cantando Ouça, de Maysa, Marina, de Dorival Caymmi e Balada triste, de Esdras Silva e Dalton Vogeler, entre outras.

Em 1988 lançou Ritmo do coração volume III, Nossos momentos, de Luiz Reis e Haroldo Barbosa, Atiraste uma pedra, de Herivelto Martins e David Nasser e Deixei de te amar, de sua autoria e Pedrinho, entre outras. Em 1995 participou com o conjunto The Fevers das comemorações dos 30 anos da Jovem Guarda.

Obras

A gente era feliz e não sabia, A melhor coisa do mundo, A saudade que ficou (c/ Rossini Pinto), A vida é curta demais (c/ W. Barnes), Alô! Como vai você (c/ Hugo Belardi), Benvindo, De que vale tanto amor (c/ Miguel e Rossini Pinto), Deus (c/ Costa), Ela, Enquanto eu viver (c/ Rossini Pinto), Esse mundo louco, Eu já sei de tudo (c/ Sandro e Pinto), Farei você feliz (c/ Pedrinho), Meus erros (c/ Maxine e Costa), Não consigo viver sem você (c/ Pinto e Camillo), Não é verdade (c/ Miguel e Cleudir), Não quero te perder, Não vivo na solidão (c/ Pedrinho), Ninguém vive sem ninguém, O amor é a razão, O tempo vai passar, Porque lhe amo, Prisioneiro, Sha la la la la te amo (c/ Rossini Pinto), Só o seu cafuné (c/ Rossini Pinto), Sonho de amor, Um pouco de você, Uma carta (c/ Rossini Pinto), Vida ideal (c/ Homero), Você morreu pra mim (c/ Miguel e Rossini Pinto), Você vai pagar (c/ Rossini Pinto).

Discografia

(1988) Ritmo do coração. Volume III • Arco-Íris Discos • LP
(1987) Ritmo do coração. Volume II • Arco-Íris Discos • LP
(1986) Ritmo do coração • Recarey • LP
(1983) Bate forte no peito • Standard/EMI-Odeon • LP
(1982) Ainda existe amor • Standard/EMI-Odeon • LP

Fontes: Dicionário Cravo Albin da MPB; Enciclopédia da Música Brasileira – Art Editora.

Um comentário:

Anônimo disse...

olá meu nome é Joelson, sou de Recife-PE, curto aoos anos the feveres muito tempo, sou fã de almir desde os 12 anos, e fiquei triste ao ve-lo doente, estive no hospital e não me deram noticias dele, espero ve-lo novamente cantando, para contrata-lo para os meus 50 anos que esta proximo. por favor retribua este carinho, aguardo.

Postar um comentário