terça-feira, setembro 19, 2006

Francisco Carlos

Francisco Carlos (Francisco Rodrigues Filho), cantor, nasceu no Rio de Janeiro/RJ em 5/4/1928 e faleceu em 19/8/2003. Passou a infância em Recife/PE, retornando ao Rio de Janeiro quando tinha 11 anos, onde completou seus estudos, diplomando-se em pintura pela Escola Nacional de Belas Artes.

Quando estudante, apresentou-se no Programa Casé, da Rádio Mayrink Veiga, sendo contratado como cantor profissional, em 1946, pela Rádio Tamoio, de onde se transferiu para a Rádio Globo.

Gravou seu primeiro disco em 1950 na Victor, a marcha carnavalesca Meu brotinho (Humberto Teixeira e Luiz Gonzaga), de grande sucesso, e o samba Me deixa em paz, dos mesmos autores. Naquele ano ainda, participou de dois filmes, Aviso aos navegantes, de Watson Macedo, e Não é nada disso, de José Carlos Burle.

Contratado pela Rádio Nacional, do Rio de Janeiro, foi eleito o melhor cantor do ano em 1953, ultrapassando Francisco Alves na votação dos ouvintes. Participou dos filmes Carnaval Atlântida (direção de José Carlos Burle, 1952), Colégio de brotos (1956), Garotas e samba (1957) e Esse milhão é meu (1958), os três dirigidos por Carlos Manga.

Em 1958 foi eleito Rei do Rádio, recebendo o apelido de El Broto. Seu slogan era o Cantor Namorado do Brasil. Em 1962 viajou pela Europa com a V Caravana da UBC e, a partir da década de 70, deixou a carreira musical para se dedicar à pintura de estilo acadêmico.


Fonte: Enciclopédia da Música Brasileira - Art Editora e Publifolha, SP, 1998.

3 comentários:

  1. Roberto Ianelli Kirsten18:05

    Na ocasião em que Francisco Carlos era merecidamente o Rei do Rádio, havia na crônica aqueles que não o achavam um bom cantor, sempre sendo preterido por Cauby Peixoto, que também é um ótimo cantor).
    Desafio a qualquer dos nossos cantores, vivos é claro, que cantem como ele "Alma dos Violinos". Essa música devia ser eliminatória para qualquer concorrente a carreira de cantor. Nosos críticos do passado talvez nunca atinaram para a afinação, alcance e beleza da voz de um dos mais completos cantores que o Brasil já teve.
    Roberto
    Amparo - SP

    ResponderExcluir
  2. Francisco Carlos era um cantor de grandes méritos. Sua voz possante e afinada nos brindou com inesquecíveis canções, hoje consideradas clássicos da música brasileira.Além do mais, era um homem belíssimo, elegante e de extremo bom gosto. Coisa meio que rara nos dias de hoje.
    Grande saudade do querido Chico Carlos, o El Broto !!!

    ResponderExcluir
  3. Saudade imensa do meu querido Francisco carlos, que além de ser um dos mais corretos cantores brasileiros, nos brindou com memoráveis canções assinadas pelos mais prestigiados compositores brasileiros, que hoje estão eternizadas como clássicos do nosso cancioneiro popular. Chico, amado por milhares de fãs em todo o Brasil, sempre primou pela classe, elegância e bom gosto, coisas meio que raras nos dias de hoje. Last but not least, foi sem sombra de dúvida, o cantor mais bonito do Brasil. Seus olhos verde-esmeralda, eram simplesmente enfeitiçadores e irresistíveis. El Broto, descanse em paz !

    ResponderExcluir