terça-feira, agosto 07, 2007

Toada (Na Direção do Dia)

Formado por Zé Renato, Cláudio Nucci, David Tygel e Maurício Maestro, o conjunto vocal e instrumental Boca Livre chegou ao disco com um elepê independente que tinha o nome do grupo. Chegou e logo entrou nas paradas de sucesso com a canção “Toada”, a melhor de um repertório em que qualquer das músicas recomendava a compra do disco.

“Toada” começou a ser cantada quando o quarteto participou, ao lado de Edu Lobo, de uma temporada do Projeto Pixinguinha, da Funarte, em 1979. Acontece que a música foi tão bem acolhida pelo público que o grupo, àquela altura apenas com dois números ensaiados, teve que formar repertório às pressas, a fim de atender aos pedidos de bis. A etapa seguinte seria a gravação do disco, produzido com dinheiro emprestado e vendido durante os shows nos teatros Vanucci e Ipanema, a partir de janeiro de 80.

Com o sucesso, a pequena tiragem inicial logo esgotou, tendo que ser várias vezes repetida, fazendo do elepê o primeiro independente a se tornar best-seller no Brasil. Dosando com equilíbrio os vocais e as passagens individuais, o Boca Livre apresentou de saída uma personalidade que outros conjuntos levam tempo para adquirir.

Daí boa parte do êxito de “Toada”, uma despretensiosa cantiga à moda sertaneja (“Vem morena ouvir comigo esta cantiga / sair por esta vida aventureira / tanta toada eu trago na viola / pra ver você mais feliz...”), interpretada com graça e competência por um conjunto de cidade grande (A Canção no Tempo – Vol. 2 – Jairo Severiano e Zuza Homem de Mello – Editora 34).

Toada (Na Direção do Dia) (1980) - Zé Renato, Cláudio Nucci e Juca Filho - Intérprete: Boca Livre

LP Boca Livre / Título da música: Toada (Na Direção do Dia) / Zé Renato (Compositor) / Cláudio Nucci (Compositor) / Juca Filho (Compositor) / Boca Livre (Intérprete) / Gravadora: Independente / Ano: 1979 / Nº Álbum: BL-001 / Lado A / Faixa 2 / Gênero musical: Toada.


  G                  Am7
Vem morena ouvir comigo essa cantiga
F              G          C7+
Sair por essa vida aventureira
                 A7         D 
Tanta toada eu trago na viola 
    G/B   Gm/Bb     C  G
Prá ver  você  mais feliz
                  Am7
Escuta o trem de ferro alegre a cantar
F               G               C7+
Na reta da chegada prá descansar
              A7           D       C   G
No coração sereno da toada, bem querer
    F#                  Bm
Tanta saudade eu já senti, morena
         A           D   
Mas foi coisa tão bonita 
   F#          Bm       C    G
Da vida, nunca vou me arrepender
                Am7
Morena, ouve comigo essa cantiga
F              G          C7+
Sair por essa vida aventureira
                 A7        D 
Tanta toada eu trago na viola 
    G/B  Gm/Bb    C  G
Prá ver você mais feliz