quinta-feira, abril 24, 2008

Boogie-woogie do rato

Denis Brean
Boogie-woogie do rato (boogie-woogie, 1947) - Denis Brean

Disco 78 rpm / Título: Boogie-woogie do rato / Autoria: Brean, Denis (Compositor) / Joel e Gaúcho (Intérprete) / Imprenta [S.l.]: Odeon, 1946 / Álbum 12766 / Lado A / Lanç.: 1947 / Gênero: Boogie woogie


Tá dando rato, muito rato e que rato que está dando
no meu boogie e que sopa para um gato
Eu não sabia que havia tanto rato no meu samba
mas agora ante o fato, o rato é mato
Mas tem um rato que agradece e é muito grato
Se encontra um boogie-woogie, boogie-woogie como prato
Mas tem um rato que agradece e é muito grato
Se encontra um boogie-woogie, boogie-woogie como prato

Veja, veja, veja minha gente
Um rato pretender patente num processo de roer
Deixa todos esses ratos no meu samba
E não se importe com a muamba que isso é meio de viver

Se o nosso samba tem cadência, o boogie-woogie
tem influência pois os dois são irmãos da mesma cor
E o que interessa, ora essa é que o povo
consagrou as duas danças como sendo do amor
Por isso mesmo todo mundo quer dançar o boogie-woogie
sem "castigo" pois é ritmo amigo
E tudo mais só é conversa, e a resposta é "Nem te ligo!"