quarta-feira, janeiro 21, 2009

Lindonéia


Lindonéia (1968) - Caetano Veloso - Interpretação: Nara Leão

LP Nara Leão / Título da música: Lindoneia / Caetano Veloso (Compositor) / Nara Leão (Intérprete) / Gravadora: Philips / Nº Álbum: R 765.051 L / Ano: 1968 / Lado A / Faixa 1 / Gênero musical: Bolero / Tropicalismo.


Tom: A
Intro: F#m  D  D#º A  Bbº  Bm  E  A

Riff 1: A  Ab  G (2x)
        Ab  A (3x)

                Bm
Na frente do espelho
  E               A   Bbº
Sem que ninguém a visse
Dm
Miss
G      G#º A
Linda, feia
     Dm      E      A
Lindonéia desaparecida

F#m
Despedaçados
A
Atropelados
D                       C#m
Cachorros mortos nas ruas
D                 C#m
Policiais vigiando
D                      C#m
O sol batendo nas frutas
    F#m
Sangrando
          D  D#º
Oh, meu amor
        A  Bbº         Bm  E  A    (riff 1)
A solidão     vai me matar de dor

      D    E         A
Lindonéia,    cor parda
 F#m        D
Frutas na feira
 E            A   Bbº
Lindonéia solteira
    G        A
Lindonéia, domingo
  D
Segunda-feira
    F#m
Lindonéia desaparecida
    Bm
Na igreja, no andor
    F#m
Lindonéia desaparecida
E             A
Na preguiça, no progresso
    D              
Lindonéia desaparecida
    F#m     Bm      F#m
Nas paradas de sucesso
 A        D  D#º
Ah, meu amor
          A  Bbº        Bm  E    A   (riff 1)
A solidão      vai me matar de dor

               Bm
No avesso do espelho
  E         A Bbº
Mas desaparecida
Dm      G      G#º A
Ela aparece na fotografia
 Dm        E         A
Do outro lado da vida

F#m
Despedaçados
A
Atropelados
D                      C#m
Cachorros mortos nas ruas
D                 C#m
Policiais vigiando
D                      C#m
O sol batendo nas frutas
    F#m
Sangrando
           D   F
Oh, meu amor
         A  Bbº         Bm  E    A
A solidão      vai me matar
Bbº          Bm  E    A
Vai me matar
Bbº          Bm  E    A  (riff 1)
Vai me matar de dor
Letra:

Na frente do espelho
Sem que ninguém a visse
Miss
Linda, feia
Lindonéia desaparecida

Despedaçados
Atropelados
Cachorros mortos nas ruas
Policiais vigiando
O sol batendo nas frutas
Sangrando
Oh, meu amor
A solidão vai me matar de dor

Lindonéia, cor parda
Fruta na feira
Lindonéia solteira
Lindonéia, domingo
Segunda-feira

Lindonéia desaparecida
Na igreja, no andor
Lindonéia desaparecida
Na preguiça, no progresso
Lindonéia desaparecida
Nas paradas de sucesso
Ah, meu amor
A solidão vai me matar de dor

No avesso do espelho
Mas desaparecida
Ela aparece na fotografia
Do outro lado da vida
Despedaçados, atropelados
Cachorros mortos nas ruas
Policiais vigiando
O sol batendo nas frutas
Sangrando

Oh, meu amor
A solidão vai me matar de dor
Vai me matar
Vai me matar de dor