quarta-feira, dezembro 08, 2010

Avarese

Avarese (Abimael Nascimento Álvares), compositor e cantor, nasceu no Recife, PE, em 08/11/1917. Mudando-se com a família para o Rio de Janeiro, ainda menino começou a compor, influenciado pelos sambistas e partideiros do subúrbio de Madureira, onde morava.

No início da década de 1930, em Viçosa-MG, aprendeu clarineta, integrando a banda local. De volta ao Rio, participou de serestas como clarinetista. Em 1934 entrou para a Marinha. Em serviço no Rio Grande do Norte, organizou com os marinheiros uma bateria que fez sucesso no Carnaval.

Novamente no Rio de Janeiro, participou de vários blocos carnavalescos em Madureira, freqüentando também a escola de samba Prazer da Serrinha.

Em 1947, quando um grupo dessa escola saiu para fundar o G.R.E.S. Império Serrano, tornou-se um de seus primeiros sócios, vindo mais tarde a integrar a ala dos compositores.

No início da década de 1950, atuando na Rádio Nacional, do Rio de Janeiro, foi apelidado de Avarese pelo locutor Paulo Roberto. Por essa época suas músicas começaram a ser gravadas, passando o sambista a atuar também em shows.

Em 1975 foi o autor do samba-enredo Záquia Jorge, vedete do subúrbio, estrela de Madureira, apresentado pelo Império Serrano no desfile carnavalesco do mesmo ano.

Obra


Para matar saudade, samba, 1957; Vai-da-valsa (c/Haroldo Barbosa), bolero, 1960; Záquia Jorge, vedete do subúrbio, estrela de Madureira, samba-enredo, 1974.

Fonte: Enciclopédia da Música Brasileira - Art Editora e PubliFolha.