domingo, janeiro 23, 2011

João Simões Lopes Neto

João Simões Lopes Neto
João Simões Lopes Neto, contista, folclorista e teatrólogo, nasceu em Pelotas, RS, em 9/3/1865, e faleceu em 14/6/1916. Quando cursava o terceiro ano de medicina no Rio de Janeiro RJ, teve de abandonar os estudos, por motivo de saúde, e voltar á sua terra, onde se dedicou à indústria, comércio, corretagem e atividades intelectuais.

Em 1895 tornou-se redator do Diário Popular, de Pelotas, e no ano seguinte estava no jornal A Opinião Pública. Usou dos pseudônimos João do Sul e Serafim Bemol.

Publicou livros sobre costumes gaúchos, lendas, mitos e tradições locais — onde se destacam as danças que registrou: Cancioneiro guasca, Pelotas, 1910 (2a. ed., Pelotas, 1917; 3a. ed., Pelotas, 1928; 4a. ed., Porto Alegre, 1954); Contos gauchescos, Pelotas, 1912; Lendas do Sul, Pelotas, 1913; Casos do Romualdo foi publicado em várias edições do Correio Mercantil, de Pelotas, em 1914; a 1a. ed. em livro é de Porto Alegre, 1952. 

Em 1926, dez anos após sua morte, Contos gauchescos e Lendas do Sul foram reunidos num volume, editado em Porto Alegre, de que, em 1948, também em Porto Alegre, saiu uma edição crítica, com prefácio e notas de Augusto Meyer, introdução, variantes, notas e glossário de Aurélio Buarque de Holanda, e posfácio de Carlos Reverbel. Obra póstuma: Terra gaúcha, Porto Alegre, 1955. 

Fonte: Enciclopédia da Música Brasileira - Art Editora e Publifolha - 2a. Edição - São Paulo - 1998.