Páginas

sábado, janeiro 25, 2014

Arnaldo Black

Arnaldo Black, compositor, é casado com a cantora Tetê Espíndola e pai do compositor e cantor Dani Black. Obteve muito destaque nos anos 1980 como autor da canção Escrito nas estrelas, de sua parceria com Carlos Rennó, vencedora do Festival dos Festivais (Rede Globo, 1985) na voz de Tetê Espíndola.

A própria Tetê conta que conheceu o marido, Arnaldo, por meio do letrista Carlos Rennó, com quem sua irmã Alzira havia sido casada e tem uma filha, a hoje também cantora Iara Rennó.

E foi o ex-cunhado quem escreveu os versos das duas canções que, em 1985, Tetê inscreveria no Festival dos Festivais. A primeira, Visão da Terra, tinha melodia da própria cantora. Sofisticada demais, foi desclassificada. A segunda, Escrito nas estrelas, com música de Black, venceria o festival.

"A letra conta exatamente a história de amor que eu vivia com meu marido. Era a nossa vida", diz Tetê. Para as eliminatórias na TV, preparou uma roupa que mais parecia uma rede. "Era um macacão de macramê feito no meu corpo. Hoje, está na última moda de novo. Quando ficou pronto, achei que estava muito pelado. Então, botei franjas prateadas."

Arnaldo Black é autor de várias outras canções, entre as quais: Ajoelha e reza, Mais uma e Nossos momentos, todas com Carlos Rennó, Águas irreais, Balanço, Garrincha da chuva, Ópera da Natureza e Voz, todas com Tetê Espíndola, Lugar, Vulgar e Zencinema, todas com Hilton Raw, Palato, Umbigo e Meridiano, todas com Chico César, Tudo pelos ares (c/ Jerry Espíndola e Adriano Magoo), Zumzum (c/ Octacílo Rocha), Ararinha azul (c/ Philippe Kadosch), Animal, Migração, Nenhum, Paranóia, Quero-quero, Sabiá verdadeiro, Sincronicidade, Urú, Vertigem, Viaduto do Tchá e Visão.

Obra

Águas irreais (c/ Tetê Espíndola), Ajoelha e reza (c/ Carlos Rennó), Animal, Ararinha azul (c/ Philippe Kadosch), Balanço (c/ Tetê Espíndola), , Escrito nas estrelas (c/ Carlos Rennó), Garrincha da chuva (c/ Tetê Espíndola), Lugar (c/ Hilton Raw), Mais uma (c/ Carlos Rennó), Meridiano (c/ Chico César), Migração, Nenhum, Nossos momentos (c/ Carlos Rennó), Ópera da Natureza (c/ Tetê Espíndola), Palato (c/ Chico César), Paranóia, Quero-quero, Sabiá verdadeiro, Sincronicidade, Tudo pelos ares (c/ Jerry Espíndola e Adriano Magoo), Umbigo (c/ Chico César), Urú, Vertigem, Visão, Voz (c/ Tetê Espíndola), Vulgar (c/ Hilton Raw), Zencinema (c/ Hilton Raw), Zumzum (c/ Octacílo Rocha).


Fontes: Dicionário Cravo Albin da MPB; Folha de S. Paulo ilustrada - Mônica Bergamo, de 11/12/2011.

Nenhum comentário: