quarta-feira, março 26, 2008

Algodão

Sílvio Caldas
Algodão (samba, 1944) - Custódio Mesquita e David Nasser

Disco 78 rpm / Título: Algodão / Autoria: Mesquita, Custódio, 1910-1945 (Compositor) / Nasser, David, 1917-1980 (Compositor) / Sílvio Caldas (Intérprete) / Orquestra (Acompanhante) / Imprenta [S.l.]: RCA Victor, 1944 / Nº Álbum 800200 / Lado A / Gênero: Samba


Nego não cantava não
Canto de nego é mandinga
Nego não chorava não
Choro de nego é suor
Nego não rezava não
Reza de nego é função
Nego não amava não
Amor de nego é perdição

Que é que nego fazia?
Tirava da terra fria
Dia e noite, noite e dia
Algodão, mais algodão

Ai, sai o branco
De onde vem os agasalho
Pra frieza dos reumatismo
Pras manias da Sinhá
De onde vem os lenço branco
Pra Sinhá moça chorá
De onde vem os pano preto
Pro Sinhô véio morrê
E os pano das bandeira
Pros sordado guerreá
De onde vem as renda branca
Pra fazê os enchová

Nego véio trabaiô
Dia e noite, noite e dia
Tirando da terra fria
Algodão mais algodão
Pra Nhô branco sê dotô

"E você, Preto Velho,
O que foi que ganhou?"

Eu consegui essa cabeça branca
Branca como o algodão
Que Preto véio prantô.