quinta-feira, dezembro 16, 2010

Claudionor Germano

Claudionor Germano
Claudionor Germano (Claudionor Germano da Hora), cantor, nasceu no Recife, PE, em 10/8/1932. Começou carreira em 1947, como crooner de conjunto vocal, passando a cantar sozinho na Rádio Clube de Pernambuco, da qual se transferiu por quatro meses para a Rádio Tamandaré e, finalmente, para a Rádio Jornal do Comércio, onde teve oportunidade de atuar sob a direção do maestro Guerra-Peixe.

Quando foi inaugurada a televisão desse grupo, integrou-se em sua equipe e conseguiu fama e prestígio sem sair do Nordeste. Durante vários anos, cantou com a Orquestra de Nelson Ferreira e, a partir do Carnaval de 1954, passou a integrar o elenco da Fábrica de Discos Rozenblít.

Em 1959 gravou dois LPs pela Rozenblit, 25 anos de frevo, com 25 frevos de Capiba, que bateu recordes de vendagem, e O que eu fiz e você gostou, com 22 músicas de Nelson Ferreira; seguiram-se, em 1961, Carnaval começa com C de Capiba e O que faltou e você pediu, de Nelson Ferreira, que o consagraram como o um dos mais importantes intérpretes do frevo-canção de todos os tempos. Ainda em 1961 lançou o LP Sambas de Capiba, pela Rozenblít, destacando-se A mesma rosa amarela (Capiba e Carlos Pena Filho).

Foi escolhido o melhor cantor de rádio e televisão de Recife, de 1961 a 1965.

Em 1966 participou do I FIC, da TV Rio, do Rio de Janeiro, com a música de Capiba Canção do amor que não vem, reapresentando-se nos festivais dos dois anos seguintes com São os do Norte que vêm (música de Capiba, letra de Ariano Suassuna), quinto lugar na fase nacional, e o samba-afro Por causa de um amor (Capiba).

Cantor favorito de Capiba, de quem gravou 124 músicas, e um dos mais requisitados intérpretes do Carnaval de Pernambuco, lançou dezenas de discos em 78 rpm, 11 compactos (45 rpm) e grande número de LPs, entre eles, além dos já citados, Dozinho e seu Carnaval, Cirandas (1972, Musicolor) e Nelson ferreira — Meio século de frevo-canção. Este último e 25 anos de frevo foram reeditados em CD pela Polydisc, em 1993.

Interpretou também as séries Baile da Saudade, vols. I e II, O bom do Carnaval (RCA, 1979-1980) e faixas dos discos Capital do frevo, produzidos anualmente pela Mocambo com músicas inéditas.

Presença constante em todos os festivais de música carnavalesca, principalmente no Frevança (1979-1989) e Recifrevo (1990-1995), participou, também, das excursões do Vôo do Frevo: duas vezes nos EUA (Miami e New York) e uma no Japão (Tóquio).

CDs

Carnaval de Capiba — 25 anos de frevo, Orquestra de Nelson Ferreira, 1993, Polydisc CD 470.020; Nelson Ferreira — Meio século de frevo canção, 1993, Polydisc 470.021; Vinte supersucessos — História do Carnaval — Claudionor Germano, 1997, Polydisc CD 470.281. 

Fonte: Enciclopédia da Música Brasileira - Art Editora e PubliFolha - 2a. Edição - 1998.