segunda-feira, dezembro 20, 2010

Jodacil Damasceno

Jodacil Damasceno
Jodacil Damasceno (Jodacil Caetano Damasceno), violonista e professor, nasceu em Campos, RJ, em 3/11/1929, e faleceu no Rio de Janeiro, RJ, em 21/11/2010. Estudou violão, de 1952 a 1957, com Antônio Rebelo.

De 1957 a 1960, foi aluno da E.N.M.U.B., do Rio de Janeiro, onde fez os cursos de harmonia e morfologia. Em 1957, 1959 e 1961, realizou estudos de técnica superior de violão e interpretação com Óscar Cáceres, no Uruguai.

Em 1960 venceu o primeiro concurso de violão clássico do Brasil, promovido pelo jornal Última Hora e Prefeitura de Niterói RJ. No ano seguinte viajou para o Uruguai, em excursão artística.

Em 1962 participou pela primeira vez do Festival Villa-Lobos. A partir de 1964 tornou-se integrante da equipe de recitalistas da Rádio M.E.C. e, ainda para essa emissora, produziu o programa Violão de Ontem e de Hoje.

Em 1968 gravou a série integral dos prelúdios para violão de Villa-Lobos. No ano seguinte, fundou uma escola de violão, o Curso Livre de Violão Jodacil Damasceno, que tem formado grandes nomes de nossa música.

Em 1972, transferiu-se para Paris, França, passando a ensinar no Conservatório Municipal, de Luxemburgo, no Conservatório de Saint-Cloud, de Paris, no Conservatório do 6ème., como assistente de Turíbio Santos, e, como assistente de Óscar Cáceres, na Universidade Musical, também de Paris, onde fundou e dirigiu a academia da associação Les Amis de l’Orchestre de Chambre.

Após apresentar-se em vários recitais na França, em 1973 retornou ao Brasil, assumindo a cadeira do curso superior de violão da Faculdade de Música Augusta de Sousa França, no Rio de Janeiro, onde lecionou até 1982. Neste periodo também foi professor do Departamento de Música da PUC do Rio de Janeiro.

Em 1974 participou do Festival Villa-Lobos e gravou para a TV Cultura, do Rio de Janeiro, um programa sobre história e literatura do violão. Em 1982 prestou concurso na Universidade Federal de Uberlândia MG, onde foi professor-adjunto e leciona prática instrumental, metodologia e literatura do violão nos cursos de graduação, bacharelado e especialização.

Formou um grande número de profissionais de música erudita e popular que desfrutam de renome, tanto no país quanto no exterior. Desenvolveu um projeto de pesquisa — Ampliação da literatura do violão através da transcrição musical — que já contava com publicações na Columbia Music Co. (EUA), Ricordi Brasileira e EDUFU (Uberlândia MG).

Fonte: Enciclopédia da Música Brasileira - Art Editora e Publifolha - 2a. Edição - 1998.

Um comentário:

Sandra Alfonso disse...

Uma correção: Jodacil Damaceno faleceu em 19/11/2010

Postar um comentário