terça-feira, maio 17, 2011

Filho da véia

Filho da véia (samba, 1975) - Luiz Américo e Braguinha

Tom: F
Dm
Sou filho da véia ô
             Am
Eu não pego nada
             Dm
A véia tem força ô
E7            Am
Na encruzilhada

                   Dm
Não bati mais meu carro
                E7                  Am
Tem sempre uma grana e mulher de montão
             Dm
Tô sempre coberto dos pés a cabeça
           E7                 Am
Nêgo me encosta cai duro no chão

          Dm
Com sete pitadas
          E7                Am
Da sua cacimba, marafa e dendê
                               Dm
Um banho de arruda todinho cruzado
          E7                  Am
Na minha horta só tem que chover

(repete 1ª estrofe duas vezes)

Quem quiser acredite
ou então deixe de acreditar
A força que ela me deu
Só ela é quem pode tirar

Venço e não sou vencido
Aqui nesse reino ou em qualquer lugar
Os zóio de ionveja de boi mandingueiro
A véia levo profundo do mar