sexta-feira, março 23, 2012

Glorinha Gadelha

Glorinha Gadelha - 1981
Glorinha Gadelha (Glória Gadelha), cantora e compositora, nasceu em Sousa, PB, em 19/2/1947. Formada em Medicina, fez curso de Linguagem Musical na Colúmbia University, em Nova York. Foi casada com o cantor, compositor e instrumentista Sivuca.

Em 1968, iniciou sua carreira apresentando-se no programa A Grande Chance, da TV Tupi, onde se destacou como compositora. Em 1969, venceu o III Festival de Música Popular Paraíbana/I Festival da Música Popular do Nordeste promovidos pela TV Jornal do Comércio.

Entre 1971 e 1973, atuou no Instituto Superior de Educação Musical da Paraíba, em atividades didáticas e na produção de shows. Em 1974, lançou o livro O bailado das sardinhas. Em 1975, foi estudar linguagem musical na Colúmbia University de Nova York.

Em 1976, gravou como cantora a música Amor em Jacumã em disco do baterista Dom Um. Em 1977, regressou ao Brasil realizando uma série de shows. Em 1981, lançou o LP Bendito o fruto, com participação de Elba Ramalho e Hermeto Pascoal.

Entre 1984 e 1989, realiza uma série de shows no Brasil e no exterior, obtendo destaque na Dinamarca, Noruega, Suécia e Finlândia. Em 1991, realiza shows pela Espanha, França, Bélgica, Alemanha, Suíça e Áustria.

Em 1992, gravou LP contando com a participação de Zé Ramalho, cantando Teima-teima e A inacabada para o povo brasileiro. Realizou turnê pela Europa com Sivuca. Participou como cantora do songbook de Dorival Caymmi, interpretando a música Roda pião. Em 1999, gravou CD que foi lançado no Teatro Rival no Rio de Janeiro.

Obras

A inacabada para o povo brasileiro (c/ Zé Ramalho), A mulher do sanfoneiro, Alagamar (c/ Sivuca), Arco-íris (c/ Sivuca), Barra vai quebrando (c/ Sivuca), Bate, tome, toca e cai (c/ Sivuca), Bendito o fruto, Brejo das freiras (c/ Sivuca), Caboré molhado (c/ Sivuca), Canção Piazzolada (c/ Sivuca), Capoeira poeira (c/ Sivuca), Cheirinho de mulher, Cheirinho de mulher (c/ Sivuca), Como é grande e bonita a natureza, Da asa do sonho da menina, Dançando em Pipirituba (c/ Sivuca), Dino pintando o sete cordas (c/ Sivuca), Doce doce (c/ Sivuca), Energia, Energia (c/ Sivuca), Estranho vanerão (c/ Sivuca), Eu gosto desse moço (c/ Sivuca), Eu gosto desse moço, Fava de cheiro (c/ Sivuca), Feira de Itabaiana (c/ Sivuca), Feira de Mangaio (c/ Sivuca), Feira de São Cristovão (c/ Sivuca), Forró chorado (c/ Sivuca), Forró e frevo (c/ Sivuca), Forró em Santa Luzia (c/ Sivuca), Forró na gafieira (c/ Sivuca), Frevo sanfonado (c/ Sivuca), Furiosa de Quipapá (c/ Sivuca), Guararema (c/ Sivuca),  Guerra das andorinhas (c/ Sivuca e Afonso Gadelha), Imburana pau-de-abelha (c/ Sivuca), Jazz tupiniquim (c/ Sivuca), Les joies du matin (c/ Sivuca), Nunca mais eu vi esperança (c/ Sivuca), O baile de Bio Laurinda (c/ Sivuca), Onça Caetana (c/ Affonso), Que par seria (c/ Sivuca), Sábado em Jaboatão (c/ Sivuca), Samburá de peixe miúdo (c/ Sivuca), Sanhauá (c/ Sivuca), São João de Sapoti (c/ Sivuca), Tás cochilando, Zé? (c/ Sivuca), Te pego na mentira (c/ Sivuca), Teima-teima (c/ Zé Ramalho), Vale do Rio do Peixe (c/ Sivuca)

Discografia

([S/D]) Dengo maior • LP
(1999) Ouro e mel • CD
(1992) Tudo que ilumina • Kuarup • LP
(1984) Let's vamos • LP
(1982) Bendito o fruto • LP

Fonte: Dicionário Cravo Albin da MPB.