segunda-feira, dezembro 13, 2010

João Dias Carrasqueira

João Dias Carrasqueira
João Dias Carrasqueira, instrumentista e compositor, nasceu em Paranapiacaba, SP, em 3/4/1908, e faleceu na cidade de São Paulo, SP, em 14/5/2000. Filho do mestre-de-banda Antônio Dias Carrasqueira, teve com o irmão José Maria as primeira noções de flauta, formando-se mais tarde professor de flauta pelo Conservatório Musical Santa Cecília, de São Paulo SP.

Começou a tocar profissionalmente em orquestras de cinema da capital paulista e, a partir da década de 1930, em emissoras de rádio. De 1933 a 1936, atuou em regionais e orquestras na Rádio Cruzeiro do Sul, onde tocou com Paraguassu e Catulo da Paixão Cearense, entre outros, trabalhando também na Rádio Cosmos.

Em 1939, na Rádio Record, integrou a orquestra da emissora e o Regional de Armandinho, sob o cognome de Canarinho da Lapa. Por essa época, compôs alguns chorinhos, lançados por conjuntos regionais.

Passou mais tarde a dedicar-se à música erudita, apresentando-se em 1954 como solista de flauta da Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo, no IV Centenário de São Paulo, posto que conquistou em concurso internacional.

Em 1962 recebeu prêmio da APCT como melhor instrumentista, pela interpretação do ciclo integral das sonatas para flauta e cravo de Johann Sebastian Bach (1685—1750).

Foi contratado pelo governo do Estado de São Paulo, em 1965, para ministrar aulas a professores e fiscais de conservatórios, durante temporadas na capital e no interior. Ainda nesse ano, apresentou todas as obras para flauta de Camargo Guarnieri, acompanhado pelo próprio autor. Compôs peças para trilhas sonoras de programas de televisão, entre os quais a novela O tempo e o vento, da TV Excelsior, de São Paulo, inspirada em romance de Érico Veríssimo (1905—1976). 

Em 1976 participou do Festival de Choro organizado pela TV Bandeirantes, de São Paulo, obtendo o quarto lugar com sua composição Chorinho triste. Flautista da Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo e da Orquestra Filarmônica de São Paulo, desligou-se delas para dedicar-se a apresentações individuais e ao magistério.

Foi responsável por primeiras audições de obras de vários compositores, como Bruno Maderna (1920—1973), Gian Francesco Malipiero (1882—1973), Camargo Guarnieri e outros. Professor universitário pelo Conselho Federal de Educação, destacou-se no ensino de flauta em faculdades e conservatórios, bem como nos cursos internacionais de música da Pró-Arte Brasil. 

Em 1985 gravou o LP Recital de flauta, etiqueta Conanima, no qual interpreta obras de compositores brasileiros e de autores internacionais do período romântico, além de composições próprias. 

Em 1995, com a fundação da Associação Brasileira de Flautistas, foi lançado seu CD The Flute Wizard. Criou um método de ensino, baseado na música brasileira, que formou várias gerações de flautistas.

CD

The Flute Wizard, 1995, Régia Música CDA 931025.

Fonte: Enciclopédia da Música Brasileira - Art Editora e PubliFolha.