quinta-feira, janeiro 17, 2013

Caixote

Caixote (Marco Antonio do Carmo Ponte), instrumentista, maestro, produtor e arranjador, nasceu em 1962 em Presidente Prudente, SP. De família musical, filho do maestro Aluísio Pontes, desde criança demonstrou inclinação para tocar piano. Começou a tocar piano e teclado com apenas oito anos de idade. Com apenas 12 anos de idade começou a trabalhar com o pai. Formou-se maestro com apenas 16 anos de idade.

Iniciou a carreira artística na década de 1970, apresentando-se em bailes com o grupo Dimensão 5. Por essa época, conheceu o produtor e compositor Nil Bernardes e, através dele, fez arranjos para uma música que entrou em disco da apresentadora e cantora Xuxa, obtendo grande sucesso de vendagem no início dos anos 1980.

Através do cantor Moacyr Franco, aproximou-se do universo sertanejo, logo destacando-se como músico, arranjador e/ou produtor, trabalhando com diversos artistas desse gênero como, Zezé Di Camargo e Luciano, Daniel, Bruno e Marrone, Edson e Hudson, Leonardo, Rio Negro e Solimões, Gian e Giovani, Rick e Renner, e Roberta Miranda, entre outros.

Na televisão fez trilhas sonoras para os seriados Jaspion,Turma da Mônica, e Mad Maria, da Rede Globo, e para o programa do Bozo, no SBT. Apresentou-se em diversas casas de espetáculos, entre as quais, o Madison Square Garden, em Nova York, EUA, Olympia, Tom Brasil, Teatro Municipal de São Paulo, All of Jazz, e O Beco.

Tem apresentações em diferentes países, tais como Angola, China, Portugal, EUA , Argentina, África do Sul, Espanha, Franca, Itália, Holanda, Cabo Verde, Moçambique, Senegal, Porto Rico, Uruguai, Peru, Colômbia, Equador, Bolívia , St Martin, República Dominicana, Macau, e Holanda.

Em 1998, fez os arranjos para as faixas Fim de festa e Seca malvada para o CD da dupla Zezé di Camargo e Luciano, lançado naquela ano, pela gravadora Columbia. Nesse disco, foi também responsável pelos teclados em diversas faixas. No ano seguinte, participou do disco Tempo, o primeiro lançado pelo cantor Leonardo, após a morte do irmão Leandro. Ainda em 1999, teve a música Irresistível, com Cecílio Nena e Antônio Luiz, gravada pela dupla Zezé Di Camargo e Luciano, sendo regravada em disco ao vivo, lançado pela dupla no ano seguinte.

Em 2001, fez arranjos para as faixas Pra sempre em mim, Solidão a três e Passou da conta, da dupla Zezé Di Camargo e Luciano, além de participar como instrumentista em algumas faixas. Fez também os arranjos de cordas para a faixa Só com o olhar. Nesse ano, a música Até você voltar, com Cecílio Nena e Antonio Luiz, foi gravada por Reginaldo Rossi no CD Reginaldo Rossi ao vivo.

Em 2002, participou do CD comemorativo dos dez anos de carreira da dupla Zezé Di Camargo e Luciano, fazendo os arranjos para as faixas Balançou e Imprevisível.

Em 2004, fez a direção musical do CD O chão vai tremer, da dupla Edson e Hudson. No ano seguinte, fez a produção musical do CD Galera coração, da mesma dupla. No mesmo ano, fez os arranjos para o CD Apaixonado, disco de estréia da dupla Hugo e Tiago. Nesse época, passou a atuar como diretor e arranjador da banda do Programa do Faustão, na TV Globo.

Fez também, juntamente com Bozzo Barretti, os arranjos para o último DVD da dupla Bruno e Marrone. Além de seus trabalhos na música sertaneja, trabalhou também com artistas de outros estilos musicais, como os do samba, tendo trabalhado com os grupos Raça Negra, Negritude Júnior, Originais do Samba e Demônios da Garoa, entre outros. Segundo seus cálculos já foram vendidos mais de 50 milhões de CDs dos quais teve algum tipo de participação, o que o torna um dos mais atuantes músicos brasileiros.

Obras

Até você voltar (c/ Cecílio Nena e Antonio Luiz); Irresistível (c/ Cecílio Nena e Antônio Luiz).

Fonte: Dicionário Cravo Albin da MPB.