quinta-feira, novembro 25, 2010

Cosme e Damião

Jorge Veiga
Cosme e Damião (samba, 1955) - Jorge de Castro e Wilson Batista

Título da música: Cosme e damião / Gênero musical: Samba / Intérprete: Jorge Veiga /Compositores: Castro, Jorge de - Batista, Wilson / Gravadora Copacabana / Número do Álbum 5461 / Data de Gravação 1954-1955 / Data de Lançamento 00/1955 / Lado B / Disco 78 rpm:


Parei meu carro na Praça Paris
Eu ia à Conceição
De repente eu ouvi um boa-noite
Era o Cosme e o Damião
Destacaram um papel amarelo
Que situação!
É que distraidamente
Eu estacionei na contra-mão...

Conversei o Cosme
Dei um cigarro pro Damião
Expliquei aos bons soldados
Que mostrava o Pão de Açúcar à Conceição
Eles acharam graça
E um me respondeu cheio de fé:
-Tureleques e bileques,
Nem que o senhor fosse o Café!
(Pois é!...)

Parei meu carro na Praça Paris
Eu ia à Conceição
De repente eu ouvi um boa-noite
(Como vai?...)
Era o Cosme e o Damião
Destacaram um papel amarelo
Que situação!
É que distraidamente
Eu estacionei na contra-mão...

Conversei o Cosme
Dei um cigarro pro Damião
Expliquei aos bons soldados
Que mostrava o Pão de Açúcar à Conceição
Eles acharam graça
E um me respondeu cheio de fé:
-Tureleques e bileques,
Nem que o senhor fosse o Café!
(Dei marcha-ré no chevrolet!...
Me dê o boné....)