sábado, julho 02, 2011

Edson Conceição

Edson Conceição (Edson Gomes da Conceição), compositor, letrista e cantor, nasceu em 18 de março de 1937 em Salvador, Bahia. Compôs em 1975, com Aloísio, um samba de grande sucesso denominado Não deixe o samba morrer, interpretado pela cantora Alcione.

A música foi um dos primeiros sucessos da cantora, lançando-a definitivamente para o mercado nacional. Dois anos depois, gravou pela CBS o LP Quem tem fé, não sai!, no qual incluiu várias composições em parceria com Aloísio, como Quem tem fé, não sai, Virgem morena da Conceição, De chita e Júnior, entre outras. Ainda neste mesmo LP, gravou Desculpe (c/ Willy) e Temporal, em parceria com Nazareno.

No ano de 1978, lançou pela CBS o disco Aí é que você se engana, no qual incluiu Samba, é povo cantando poesia, Tiririca, Promessas e Auto das Pombas, todas em parceria com Aloísio. 

Neste mesmo disco, foram incluídas Copo-de-leite (c/ Willy) e Aí é que você se engana, em parceria com Osmário Berimbau e Aloísio, além de músicas de outros autores como Paulinho Diniz e Edil Pacheco (Opinião geral) e de autoria de Guinga de Ogum, interpretou Tudo sou.

Em 1988, Tom da Bahia gravou Contas de Xangô, parceria de ambos.

Alcione e Cássia Éller regravaram Não deixe o samba morrer no disco Celebração, de Alcione.

Em 2002, pela gravadora Índie Records, Neguinho da Beija-Flor, Thobias da Vai-Vai e Eliane de Lima regravaram Não deixe o samba morrer no disco Os melhores do ano III.

No ano de 2003, Alcione incluiu Não deixe o samba morrer (c/ Aloísio) no disco Alcione ao vivo 2. Neste mesmo ano, Tom da Bahia regravou Contas de Xangô, parceria de ambos que deu título ao CD de Tom da Bahia.

Obra

Aí é que você se engana (c/ Aloísio e Osmário Berimbau) • Ao filho de um músico (c/ Aloísio) • Auto das pombas (c/ Aloísio) • Batata-doce, colar-de-contas e patuá (c/ Aloísio) • Café na cama (c/ Nazareno) • Chorar, chorei (c/ Aloísio) • Contas de Xangô (c/ Tom da Bahia) • Copo-de-leite (c/ Willy) • De chita (c/ Aloísio) • Desculpe (c/ Willy) • Fertilidades (c/ Aloísio) • Filhos de Ghandi (c/ Aloísio) • Imenso prazer (c/ Nazareno) • Joana da Misericórdia (c/ Aloísio) • Júnior (c/ Aloísio) • Meia-vida (c/ Aloísio) • Meia-vida parte 2 (c/ Aloísio) • Não deixe o samba morrer (c/ Aloísio) • O rei • Promessas (c/ Aloísio) • Quem tem fé não sai (c/ Aloísio) • Quero ver todo mundo sambar (c/ Aloísio) • Rapaz do interior (c/ Sílvio Brito) • Rosto marcado (c/ Wando) • Samba, é povo cantando poesia (c/ Aloísio) • Temporal (c/ Nazareno) • Teu, somente teu (c/ Aloísio) • Tiririca (c/ Aloísio) • Um deus angolano • Vapor de cachoeira (c/ Aloísio) • Vermelho, azul e branco (c/ Nazareno) • Virgem morena da Conceição(c/ Aloísio)

Discografia

Quem tem fé, Não Sai! (1977) CBS LP - Aí é que você se engana (1978) CBS LP.

Fontes: Portal Clube do Samba; Dicionário Cravo Albin da MPB.

2 comentários:

Anônimo disse...

Conheci este rapaz em 1974 aqui em Salvador.Fui apresentado a ele por uma namorada que o conhecia. Calmo voz pausada gente boa. Já 1977 eu morando no RJ o vi cantando no programa do Bolinha um samba que fez para o filho. Não lembro qual. Depois soube uns anos mais que ele tinha falecido. Não sei se é verdade.
Pois, também nunca mais ouvir falar da sua obra nem dele.
Lembro que essa apresentação foi no Largo dois de Julho.
Meu nome é Paulo Roberto. To Facebook.

Bárbara Costa disse...

Oi! Sou neta dele é estou procurando saber mais sobre sua vida
Poderia entrar em contato cmg? Bcosta.designer@gmail.com? 24992078434 whatsapp

Postar um comentário