terça-feira, fevereiro 22, 2011

Geraldo Medeiros

Medeiros e sua Orquestra Brasil
Geraldo Medeiros (Geraldo Medeiros dos Santos), instrumentista, compositor e arranjador, nasceu em Areia, PB, em 28/11/1917, e faleceu no Rio de Janeiro, RJ, em 13/7/1978. Neto de um maestro de banda em Guarabira PB, iniciou os estudos musicais com Pedro Rodrigues, continuando-os mais tarde com o avô.

Em 1938 era maestro da banda da Escola Correcional de Pindobal, em Mamanguape PB. Transferindo-se para João Pessoa PB, integrou como pistonista a Jazz Tabajara, na Rádio Tabajara, de João Pessoa, passando a primeiro pistonista, quando o maestro Severino Araújo assumiu o comando da Jazz, a partir daí chamada Severino Araújo e sua Orquestra Tabajara.

Em 1944 foi para o Rio de Janeiro, estreando com a Orquestra Tabajara na Rádio Tupi em janeiro de 1945. Com a orquestra teve sua primeira música gravada, Zé Carioca no frevo (reprodução logo após o final deste artigo). 

Trabalhou também com a orquestra de Ary Barroso, viajando pela Europa e América Latina. Como compositor destacou-se com Maracatucá (com Jorge Tavares), O sanfoneiro só tocava isso (com Haroldo Lobo), Bum qui ti bum, Pé na tábua, Maxixando (c/Carvalhinho) e outras. 

Trabalhou como pistonista em diversas emissoras de rádio e televisão e em estúdios, acompanhando gravações de inúmeros artistas. 

Fonte: Enciclopédia da Música Brasileira - Art Editora e Publifolha.