quinta-feira, setembro 01, 2011

J. Otaviano

J. Otaviano (João Octaviano Gonçalves), compositor, pianista, regente e professor, nasceu em Porto Alegre, RS, em 22/4/1892, e faleceu na cidade do Rio de Janeiro, RJ, em 19/2/1962. Ainda muito jovem, transferiu-se para o Rio de Janeiro, matriculando-se em 1911 no I.N.M., onde foi aluno de Henrique Oswald (piano) e Francisco Braga (harmonia, composição, contraponto e fuga, e instrumentação).

Em 1913 concluiu o curso de piano, obtendo o primeiro prêmio e medalha de ouro. Quando terminou o curso de composição em 1918, já havia estreado como compositor, apresentando, em 1914, um trio e um quarteto de cordas, além de peças para piano, violino e violoncelo.

Em 1922 foi premiado com uma viagem à Europa por sua ópera Poema da vida, encenada a 2 de novembro de 1923, no Teatro Lírico, do Rio de Janeiro. Sua ópera Iracema, com libreto de Tapajós Gomes, estreou a 16 de abril de 1937, sob a regência do próprio autor, no Teatro Municipal, do Rio de Janeiro. 

Excursionou por várias cidades do Brasil, exibindo-se como pianista também em Buenos Aires, Argentina, e Montevidéu, Uruguai. Lecionou piano, harmonia superior e instrumentação. Foi docente livre da então E.N.M.U.B., sucedendo a Francisco Braga na cátedra de composição, quando este se aposentou em 1938. 

Colaborador de vários periódicos musicais, publicou ainda, entre outras obras didáticas, Pontos de teoria musical, 3 volumes, Rio de Janeiro, s.d.; Curso de análise harmônica e construção musical, 2 volumes, Rio de Janeiro, 1934; Técnica pianística, 2 volumes, Rio de Janeiro, 1934. 

Obras 

Música dramática: Fernão Dias, ópera, s.d.; Iracema, ópera, 1937; Poema da vida, ópera, 1923; Sonho de uma noite de luar, ópera, s.d. 

Música orquestral: Bailado geométrico, s.d.; A boneca do lixo, bailado, s.d.; Ondinas, bailado, s.d.; Primeira sinfonia, s.d.; O príncipe de duas máscaras, bailado, s.d.; A vitória, poema sinfônico, s.d. 

Música de câmara: Quarteto, s.d.; Trio, s.d. 

Música instrumental: Cenas brasileiras, p/piano, s.d.; Danças brasileiras, p/piano, s.d.; Estudos, p/piano, s.d.; As margens do Paraíba, p/piano, só.; Sonata, p/violino e piano, s.d.; Variações sobre um tema de Barroso Neto, p/piano, s.d. 

Fonte: Enciclopédia da Música Brasileira - Art Editora e Publifolha - São Paulo - 2a. Edição - 1998.