quinta-feira, dezembro 23, 2010

Alívio imediato

Engenheiros do Hawaii


Tom: A 
  
(intro) A D/A A D/A A E

     A9                             D9/A
o melhor esconderijo, a maior escuridão
        A9                                D9/A
já não servem de abrigo, já não dão proteção
   Bm                             D
A Líbia bombardeada a libido e o vírus
     Bm                          G4  G
O poder o pudor os lábios e o batom         (2x)

        A
que a chuva caia como uma luva
      C#
um dilúvio, um delírio
        D                     F#m
que a chuva traga alívio imediato

      A
que a noite caia, de repente caia
       C#
tão demente quanto um raio
       D                      F#m   E   D   E9  E
que a noite traga alívio imediato

     A9                            D9/A
Há espaço prá todos há um imenso vazio
        A9                                D9/A
Nesse espelho quebrado por alguém que partiu
   Bm                       D
A noite cai de alturas impossíveis
   Bm                             G4  G
E quebra o silêncio e parte o coração

       A9                             D9/A
Há um muro de concreto entre nossos lábios
        A9                      D9/A
Há um muro de Berlin dentro de mim
Bm              D9
Tudo se divide todos se separam
Bm
Duas Alemanhas, duas Coréias
G
Tudo se divide, todos se separam

         A
que a chuva caia como uma luva
      C#
um dilúvio, um delírio
        D                     F#m
que a chuva traga alívio imediato

      A
que a noite caia, de repente
           C#
caia tão demente quanto um raio
      D                      F#m     E   D   E9  E
que a noite traga alívio imediato

(solo)

Tudo se divide...
Tudo se separam...

         A
Que a chuva caia como uma luva
      C#
Um dilúvio, um delírio
        D                     F#m
Que a chuva traga alívio imediato