domingo, setembro 17, 2006

Margarida



Guarabira
Margarida (1967) - Gutemberg Guarabira
Introd.: Dm   Gm     C7
F     D7             Gm
Andei, terras do meu reino em vão
C7            Dm             C7  C#°  Dm      D7
Por senhora que perdi e por quem fui descobrir
Gm            D7    Gm
Não me crer mais rei e aqui me encerrei
Dm                 C7
Sou cantor e cantarei Que em procuras de amor
F        D7               Gm
Morri ai,  dor que no meu peito dói
C7             Dm      
Que destróis assim de mim,
C7          C#° Dm     D7
bem sei o que eu achei enfim
Gm         D7         Gm
E que adiantou a dor, mas me queimou
C7                Dm
Pois por não saber de amar
C7           F
Ela ainda rainha está
Bb7   C7       Dm
E ela está em seu castelo olê, olê olá
Bb     C7           D
E ela está em seu castelo, olê, seus cavaleiros
D    G            D             G              D
Ora peçam que apareça, pois por mais que eu ofereça
A7            D
Mais me evita essa senhora
G              C
Eu já fui rei, já fui cantor,
G           C         G
vou ser guerreiro, um perfeito cavaleiro
A7               F#m        B7          C
Armadura, escudo, espada, pra seguir na escalada
F          Bb             F
Belo motivo é por amor que vou lutando
Bb           F             Bb         F
E pelas pedras do castelo, como eu já vou retirando
Bb      C7       Dm
E retirando uma pedra, olê, olê olá
Bb      C7            D
Mais uma pedra não faz falta, olê, seus cavaleiros
G            D
Que ainda correm pelo mundo,
G          D              A7         D
Ouçam só por um segundo, que eu acabo de vencer
G          C           G
Retirei pedras de orgulhos majestades
C             G 
Deixei todas de humildades,
A7           F#m          B7          C7
de amores sem reinado, ela então se me rendeu
F              Bb              F
Eu já fui rei, já fui cantor, já fui guerreiro
Bb           F             C7           F
E agora enfim sou companheiro, da mulher que apareceu
Bb     C7      Dm
Apareceu a Margarida, olê, olê olá
Bb     C7            F
Apareceu a Margarida, olê, seus cavaleiros
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário